POLITICA & POLÍTICOS (CARLOS SPERANÇA)


A espera de resultados + Fundo Amazônia + Em Ariquemes + Na peleja

personPOLITICA & POLÍTICOS (CARLOS SPERANÇA) date_range02 Dez 2019 - 08h54

A espera de resultados



Acossado pela realidade teimosa que insiste em contrariar as versões forjadas nos porões ideológicos para enganar o governo e a sociedade sobre questões como desmatamento, queimadas e destruição da biodiversidade, o ministro Ricardo Salles, do Meio Ambiente, cunhou uma expressão que não faz muito sentido na boca de um governante: “ambientalismo de resultados”.



Ambientalismo é um tipo específico de ativismo político relacionado a assuntos ambientais. Na bolha ambientalista cabem opositores, técnicos cansados de tanto avisar as autoridades sem sucesso, radicais antissistema e quem mais se convencer de sua pregação. Nunca é uma esfera de governo, mas há no atual governo federal a tendência a ser ao mesmo tempo gestão e oposição. A medida anunciada pode cair em horas ou ser trocada por outra porque há um forte ativismo interno.



Ao pretender um “ambientalíssimo de resultados”, o governo cria uma bolha alternativa: contra o ambientalismo de denúncia, inventa um ambientalismo para trombetear as posições do governo e seu discurso.



Tão difícil para o “ambientalismo de resultados” quanto explicar o recorde de 29,5% no desmatamento na região será defender a extinção do Fundo Amazônia, embutida na PEC dos Fundos. Menos ativismo e mais resultados talvez dessem em algo mais satisfatório.



.............................................................



Esclarecedora



Diante dos constantes desastres em barragens em outros estados e as desconfianças existentes nos bairros tradicionais de Porto Velho com relação à Usina de Santo Antonio, o consórcio responsável pela obra patrocinou uma campanha esclarecedora a respeito da segurança para a população. Ocorre que volta e meia boateiros tocam o pavor em bairros da figura A, próximos à orla do Rio Madeira, um verdadeiro terrorismo com os moradores.



Na peleja



Com a filiação do ex-vereador Isau Fonseca e de outras lideranças locais, o MDB de Valdir Raupp e Confúcio Moura esta pronto para disputar a prefeitura de Ji-Paraná numa parada em que vai enfrentar o projeto de reeleição do atual prefeito Marcito Pinto (PDT) e o deputado estadual Laerte Gomes (PSDB), presidente da Assembléia Legislativa do estado. Populista, com carisma e político cascudo, Isau terá uma boa largada.



Em Ariquemes



Em Ariquemes existem vários nomes para enfrentar o prefeito Thiago Flores (PSL) na eleição do ano que vem, mas ainda rolam uma série de indefições sobre a política de alianças. Propala-se os nomes de Lucas Folador (DEM), do ex-deputado estadual Tziu Jidaias (Solidariedade), entre outros cogitados. Os caciques locais, casos do senador Confucio Moura (MDB) e do ex-senador Ernances Amorim (PTB) ainda não deciram quem vão apoiar.



Na fronteira



Com o dolar caro e em alta, os revendedores que habitualmente fazem suas compras de importados e quinquilharias de Natal na fronteira com a Bolivia – casos de rondonienses e acreanos – estão prejudicados nas vendas das novidades, geralmente vindas da China. Em Guajará Mirim, por exemplo, as compras ainda não decolaram. Com a região sofrendo uma baita crise nos últimos anos, só faltava à alta da moeda americana para atrapalhar.



Fundo Amazônia



As doações internacionais – principalmente da França e da Noruega – para o Fundo Amazônia é uma unanimidade para os governadores da Amazônia legal. Nem mandatários ligados ao presidente Bolsonaro (este chegou a caçar encrencas com as nações doadoras e com isto causando prejuizos nos aportes aos estados da região) ficaram ao lado do presidente nas rusgas. Optaram por uma posição pragmatica e pelos recursos internacionais recusados intempestivamente.  



Via Direta



 



*** No Black Friday de Porto Velho ocorreram variações de preços em até 70 por cento *** Ou seja, ao meio de tantos comerciantes e lojistas honestos também proliferam os espertalhões *** Com o preço da carne as alturas também foram reajustados os preços em alguns restaurantes da capital *** O ex-deputado e ex-vice-prefeito Dalton Di Franco esta empenhado em ser o pré-candidato a prefeitura de Porto Velho pelo PDT *** E já começou a jornada com reuniões nos bairros da Zona Leste *** Outro vice aspirando o cargo do titular é Edgar do Boi (DM), também já percorrendo os bairros e acertando a nominata dos seus candidatos a vereança para 2020 *** Mais um pedido de impeachment para jogo de cena visando desgastar o atual prefeito na capital. Ocorre que a oposição não tem maioria para afastar o pefeito Hildon Chaves *** Já foram arquivados uns três pedidos nos últimos dois anos.


Sobre o autor

POLITICA & POLÍTICOS (CARLOS SPERANÇA)

Colunista político do Jornal "DIÁRIO DA AMAZÔNIA", Ex-presidente do SINJOR, Carlos Sperança Neto é colaborador do Quenoticias.com.br. E-mail: csperanca@enter-net.com.br