O QUE DA NOTICIA (AOR OLIVEIRA)


A política e os politiqueiros

personO QUE DA NOTICIA (AOR OLIVEIRA) date_range09 Mai 2019 - 16h04 location_onARIQUEMES

O que difere a política e o politiqueiro?



Afora o que diz o dicionário Aurélio, sobre uma palavra e outra, o que na realidade a sociedade brasileira entende é que a politica abriga os políticos que simultaneamente se transformam em carrasco da democracia ao migrarem pelos meandros da corrupção.  



O politiqueiro geralmente é aquela pessoa que não entende da politica e fica empregando uma verborreia de latrina quando na verdade é um escatológico que vive uma diarreia verbal a cada momento que se pronuncia a respeito de politica. Na verdade o politiqueiro paira por uma politica mesquinha e não se cansa de denegrir as ações dos políticos.



Nos dias atuais o quê se vê mais em Ariquemes  é uma politicagem em detrimento da Política. Certas pessoas querendo se aparecer e auto intitulando-se dona da verdade  abrem a boca e soltam barbaridades, esquecendo-se de quando estiverem no poder se conseguirem chegar lá irão  cometer a mesma prática.  A arrogância habitual é quando esses falsos formadores de opinião não pensam na sociedade como um todo, pensando unicamente em serem donos de tudo. Imaginam que suas vozes possuam força de lei. Estes os verdadeiros fracos, covardes, que em suas postagens ou não, surgem meramente como fracassados iludidos por fazerem parte de um seguimento social, utilizando a máfia da mentira.



Havendo assim a distinção entre o significado das duas palavras e que traduz nitidamente duas situações que convivemos rotineiramente, seja no plano nacional, estadual ou municipal. Sendo a política movida por ações e práticas louváveis de uma democracia, que expressa à liberdade efetiva de um País, a politicagem praticada pelos politiqueiros aponta para condutas detestáveis e que em nada acrescentam para nossa sociedade, pelo contrário atuam para prejudicar toda a população do contexto onde é praticada. Fatos que vemos nas publicações diárias em grupos políticos em Ariquemes.



O clímax da estupidez consiste em a pessoa não ter a capacidade de diferenciar duas palavras. Na verdade, o que se quis dizer era: "não preciso estudar, vou ser politiqueiro!", ou seja, o indivíduo que age de acordo com interesses pessoais, o que pratica troca de favores. Este, sim, não precisa estudar muito. Mas seria bom, pelo menos, ter um dicionário em casa. Assim, não confundiria o significado de palavras tão diferentes. 


Sobre o autor

O QUE DA NOTICIA (AOR OLIVEIRA)