O QUE DA NOTICIA (AOR OLIVEIRA)


ARIQUEMES – PAU NA MOLEIRA DO CEGO QUE NÃO ENXERGA E NÃO SABE LER

personO QUE DA NOTICIA (AOR OLIVEIRA) date_range20 Nov 2020 - 15h32 location_onARIQUEMES

O candidato a prefeito e que se saiu perdedor, não se conteve com o justo resultado das urnas, onde o povo se expressou pelo voto secreto a favor da candidata do Patriotas 51 – CARLA REDANO, tentou ganhar a disputa no tapetão.



O passarinho preto que ficou baleado quando Deus retirou sua mão da cabeça da ave e deixou de protege-lo, sofreu mais uma derrota a Justiça Eleitoral de Ariquemes não reconheceu o seu recurso impetrado para anulação das eleições acontecidas dia 15 próximos passado.



Tiziu reclama da totalização dos votos contabilizados pela 7ª Zona Eleitoral, onde foi declarada vencedora a chapa ombreada por Carla Redano Prefeita e Sargento Gabriel Vice-Prefeito.



Tiziu na sua petição alega engendramento na compra de votos e a possível fraude por conta do ataque cibernético sofrido pela Justiça Eleitoral que atingiu todos os Estados do Brasil ocasionado uma lentidão na divulgação dos votos.



Ao final da sentença da Juíza Elisangela Nogueira, diz: “Ante o exposto, INDEFIRO A INICIAL, em virtude da ilegitimidade da parte requerida, com fulcro no art. 485, VI, do CPC. Ciência ao Ministério Público Eleitoral. P.R.I. Transitada em julgado, arquive-se”.



Assim sendo o pássaro preto poderá pousar em um outro poleiro daqui a quatro anos.



FILHO PERDIDO DE DILMA?



Depois de saudar a mandioca, o milho, e propor um projeto que estoque vento, envergonhando o país inteiro em convenções internacionais, um aspirante político em Ariquemes nos últimos dias soltou uma frase tão ridícula, quanto o seu desespero, chegou a nos levar a crer que o mesmo só poderia ser um filho perdido de Dilma Rousseff. Vamos aos indícios... acredita ter uma inteligência superior, usa frases sem nexo, e uma em especial nos últimos dias:  “Meu candidato tem que ser assim, preparado e capaz”, (Até aí tudo certo)... então ele continua: “Honestidade não é qualidade, é pré- condição “ , (Honestidade é qualidade sim, e de quem tem caráter e preceitos morais, parece que alguém faltou na aula de português, ou não aprendeu sobre isso em casa), continuando , ele conclui: “Votar em alguém apenas por ser honesto ou bonito, equivale a beijar um sapo porque tem boca”, (Nesse último trecho ficou claro o despeito, talvez porque o mesmo é desprovido de beleza, inteligência talvez... a falta de conhecimento ao usar a palavra “honestidade” , em um contexto que claramente ele mesmo não sabe o significado . Beijar um sapo, é uma referência clara a um conto infantil, talvez ele tenha lido uma história da Disney, e achou que poderia usar parte do texto, para endossar o seu pensamento). Diria que Dilma em outros tempos usaria palavras semelhantes com a mesma propriedade em uma de suas notas patéticas, vale ressaltar que sabemos o porquê dessa frase tão ridícula publicada quase que como um tiro de misericórdia, só que no próprio pé.



SER NEGRO



É relembrar as origens Africanas, nas dinastias do Congo, do Keto, da Angola, e de tantas outras, que foram escravizadas e atravessaram os mares para serem colonos no Brasil.



Ser negro é ter orgulho da cor de sua pele, é suportar o racismo e as diferencias sociais.



Ser negro é ser forte, trabalhador e honesto.



A consciência negra serve para relembrar toda a história de Zumbi dos Palmares, de Milton Nascimento, Gilberto Gil, Zulu, Zezé Mota, Clementina de Jesus, Leci Brandão e todos os negros que fizeram brilhar sua estrela no estandarte brasileiro.



 


Sobre o autor

O QUE DA NOTICIA (AOR OLIVEIRA)