O QUE DA NOTICIA (AOR OLIVEIRA)


AS TEORIAS DO AFASTAMENTO

personO QUE DA NOTICIA (AOR OLIVEIRA) date_range19 Out 2017 - 16h01 location_onARIQUEMES

Corre a boca miúda e que Matilde foi se certificar e conseguiu apurar que os olheiros políticos estão a comentar a respeito do afastamento de Nacirzo da Prefeitura.



Fala-se a viva voz que essas teorias estão ligadas a:




  1. Uma provável visita dos homens de preto com letreiros amarelo nas costas, e ai, Nacirzo não quer esta presente;

  2. Ele deixa a Prefeitura aos cuidados de seu fiel escudeiro Fernão, o qual terá amplos poderes para reduzir a folha em 30%; e na ausência de Nacirzo a navalha vai bem afiada e muitas cabeças de portariados irão rolar;

  3. Por outro lado fala-se numa aliança politica muito bem arrumada que irá permitir a candidatura ao governo, e ai, já se propala que em seguida ao vencimento desses 15 dias haverá novo pedido de mais 15, se assim o for presume-se que Nacirzo já se prepara para deixar de vez a bucha chamada Prefeitura.



MÁ GESTÃO: “EM CRISE, HOSPITAL REGIONAL NÃO TEM ANESTESISTA”.



Matilde tomou conhecimento hoje pela manha que o Hospital Regional está desprovido de medico anestesista, para isso acontecer só há uma razão, a incompetência instalada no setor de saúde. Com esse detalhe afetou outros médicos que não suportando a má gestão administrativa pedem pra sair. Cirurgiões não podem efetuar os procedimentos por conta de não ter o medico habilitado para fazer a anestesia. Mais aqui sendo a Republica Independente de Ariquemes – diga-se “UM NOVO JEITO DE FAZER POLITICA”; que o povo continue aplaudindo a todos.



MORTE



Um paciente que foi internado no Hospital Regional foi a óbito por falta de cuidado. Entenda: o paciente se submeteu a uma cirurgia e após teve de transportado de um lugar para outro, e esse serviço foi feito por estagiários que numa falta de atenção deixaram o paciente cair da maca, diga-se de passagens esses estagiários estavam sem a supervisão que a lei requer, isso significa que estavam ao seu próprio comando. Depois da queda o paciente foi removido por um medico cirurgião que o internou na UTI, mais esse paciente não resistiu e veio a óbito.



Esse escriba esteve no Hospital Regional para conversar com a direção do Hospital, mais quem me atendeu – foi cometida em suas palavras e limitou a dizer que posteriormente da ria uma informação.



Será o abafa para não manchar o jeito novo de fazer politica.



 


Sobre o autor

O QUE DA NOTICIA (AOR OLIVEIRA)