JABURU DIRETO AO ASSUNTO


Ariquemes nas eleições 2018. Bolsonaro 72%. Tchau HAAAADDDDAAADDD.

personJABURU DIRETO AO ASSUNTO date_range08 Out 2018 - 15h34 location_on06/02/2016

1 – O PSL complicou a vida de Expedito.



O Coronel Rocha, desconhecido, vem comendo pelas beiradas. Esmagou o Maurão e os outros. Chegou em segundo lugar. E pode colocar no retrovisor a pretensão de Expedito de ser o governador do estado.



2 No Senado Confúcio, depois de rezar muito e prometer tudo, chegou lá.



Raupp e Marinha, seus detratores no MDB, ficaram literalmente a ver navios. Tchau! Tchau!



3 – E a população de Ariquemes fechou os olhos para o hospital e a Br, grandes obras inacabadas.



Votou no Confúcio. E defenestrou o Raupp. Resultado = Marcos Rogério levou a melhor. 1º ou 2º só deu ele na frente.



4 – E Ariquemes na Assembleia Legislativa antes 4 agora 2.



Redano e Follador. Quatro anos tirando muita foto, não fizeram nada, mas chegaram. Follador se reelegeu mas bem abaixo do desempenho da eleição anterior. Talvez faltou “gás”.



5 – O homem da caixa de sapato ficou de fora.



Saulo perdeu o fôlego. A cena estrelada no estacionamento marcou sua legislatura e refletiu nas urnas.



6 – Geraldo da Rondônia não foi, mas marcou sua segunda vez como primeiro suplente.



É reza muito pra um sair. Ou ir para o além ou para algum outro cargo público. Difícil negociação!



7 – E muitos outros ficaram pelo caminho.



Dr. Waldemar, Mary e outros perderam o rumo, sem proposta de renovação. Longe do coeficiente.



8 – E de novo Ariquemes fica sem representante na Câmara Federal.



Tiziu. Oitavo mais votado, mas atropelado pelo voto das coligações. Nem o acidente que o tirou da estrada o ajudou a evitar o acidente nas urnas. Mas valeu o aprendizado e o resultado.



9 – E o “vai na sombra do pai” não deu certo.



Mais uma estratégia de cacique individualista que não elegeu o Lucas. O cara nova, vice, que ainda não fez nada, teve até muito voto. 11º colocado. Velejou muito, mas no remo, morreu na praia! E será mais um que vai fazer despacho na esquina das avenidas Candeias e Canãa, de madrugada, para o de cima cair.



Participe.



10 – Esta coluna é escrita com a participação de várias pessoas e Você poderá participar e contribuir enviando e-mail para: jaburu.ro@gmail.com



11 – Envie sua observação, crítica, matéria, sugestão, pauta, direito de resposta, etc, em até quatro linhas.


Sobre o autor

JABURU DIRETO AO ASSUNTO

Chegou 2016. E aí rei da cocada? E aí autoridades? 1 – Ano de eleição. Não fez, não fez! Político promessa é igual produto ruim. Experimenta-se somente uma vez. 2 – E aí a propaganda? Prometeu. Mentiu. Não fez. Não cumpriu. Enganou. Difícil apagar da mente. Não adianta gastar a grana do povo. Tirar foto com fotoshop. Vai ter que tirar do ar. Os da lei mandaram! 3 – E tem mais! Aguenta a oposição mostrando e reprisando as notícias das promessas e das maracutaias. 4 – E as maracutaias “novas”? Tem muita gente calada. Por conveniência. Muda nunca! Amordaçada muito menos! E roubo não se esconde e muito menos se esquece. Os caminhos ficaram marcados e o pior, documentados. 5 – Tá tudo scaneado e filmado. E haja sacanagem! Como diz o caipira. “Na roça tem hora pra tudo!”. “Pra cume, pra bebe, pra trabaia, pra caga e pra fala mar dosoutros”. 6 – E a elite está preocupada. A tropa já está em campo avaliando suas empatias. 7 – Cidade e mente. Ambas pequenas. É assim! Querem vencer pela empatia e pelo poder. Tudo no interesse próprio. 8 – E a elite mostrando --- o ruim que “gostam” e o bom que não os “serve”. O município se desenvolve, mas as cabeças dominantes são permanentemente contaminadas, agora pelo Zika Vírus. “E a Cidade faz a sua metamorfose atropelada e empurrada pela população, mas continua o berço da elite dos homens de cabeça pequena”. --- Praga que resiste ao tempo. Participe. 9 – Esta coluna é escrita com a participação de várias pessoas e Você poderá participar e contribuir enviando e-mail para: jaburu.ro@gmail.com 10 – Envie sua observação, crítica, matéria, sugestão, pauta, direito de resposta, etc, em até quatro linhas.