O GRITO DO CIDADÃO (ANTUÉRPIO PETTERSEN FILHO)


EIKE BATISTA : “DECRETADA NOVA PRISÃO DO EX-MILIONÁRIO...”

personO GRITO DO CIDADÃO (ANTUÉRPIO PETTERSEN FILHO) date_range11 Ago 2019 - 07h10

Quem acompanha, mesmo que ao longe, entre um bloco e outro, o noticiário econômico nos jornais televisivos, antes e depois de uma telenovela, ainda que sem interesse pessoal nítido, pode, ao menos, testemunhar a vertiginosa queda de uma das empresas do Playboy Milionário brasileiro, Eike Batista, do Grupo OGX, ZLX, BFX, e "X" alguma coisa, na ordem de algumas centenas de milhões de reais, cifras astronômicas, pouco habituais aos orçamentos domiciliares da grande maioria dos brasileiros. 



 



Inconteste milionário, uma espécie de Rei Midas brasileiro, aquela figura mítica que em tudo que tocava virava ouro, muito mais conhecido do grande público pelo afair que manteve com a Atriz Global/Canavalesca, Luma de Oliveira, quem foi apagar o seu Fogo com um Bombeiro, dizem as más línguas, dando fim ao matrimônio, e pelas travessuras do seu jovem filho, Tór, de vez em quando metido num acidente de trânsito, ou numa balada, enfim, como diz o ditado popular, "Sorte na Vida, Azar no Amor", tendo já figurado na lista da Revista Forbes como uma das maiores fortunas do Mundo, Eike Batista, que teve a sua prisão decretada, novamente, inegavelmente, foi durante certo tempo o mais novo ícone, se não o mais perfeito sintoma, do bem sucedido Capitalismo Tupiniquim, sempre atrelado as tetas do Estado.



Considerando, contudo, que “o fruto nunca cai longe da árvore”, outro dizer da sabedoria popular, Eike Batista tem ao seu favor, inegavelmente, o fato de haver possuído Berço Esplendido, já que filho do próprio Eliezer Batista, durante muitos anos, Presidente da não menos Poderosa CVRD - Companhia Vale do Rio Doce, outrora, Estatal, à quem era incumbido mapear todo o Solo Brasileiro, com notória atribuição de localizar, e detectar, onde havia, ou não havia, minerais prospectáveis, o que, logicamente lhe rendeu, uma vez aposentado, se não, completo conhecimento do Potencial brasileiro, pelo menos, trânsito junto às Autoridades, em Brasília/DF.



Capaz de, com desenvoltura, bancar o advento de uma Fabrica de Automóveis, do nada, é o caso do utilitário, JPX, uma das primeiras empreitadas do Jovem Empresário, sem que soubesse, ao menos, apertar um parafuso, da mesma forma que tentou empreender uma Siderúrgica Completa, na Bolívia de Evo Morales "O Índio", de onde foi escorraçado, junto com a Petrobrás, com perdas imensuráveis para o Brasil, Eike Batista possuiu o sortilégio de deter um conglomerado de empresas, todas com a Letra "X", normalmente utilizada em projetos industriais ou espaciais, de foguetes da Nasa ou o novo Caça proposto, infindavelmente, pela FAB, que atuaram com desenvoltura, e muita propina, junto ao ramo do petróleo, logística, siderurgia e investimentos, tais como, um estaleiro, que, por muito tempo, jamais lançou ao mar um só navio, ou campos de petróleo, de onde nunca se retirou uma gota de óleo sequer, Eike, no entanto, foi agraciado com a felicidade de ganhar quase todas as licitações de petróleo da Petrobrás, para depois repassá-las à terceiros, geralmente transnacionais do setor, menos sortudas ao lidar com as altas Autoridades do Governo, com quem Eike está tão bem sintonizado, enquanto a Gigante Estatal do Petróleo brasileira, a Petrobras, sem que a maior parte dos seus conterrâneos Tupiniquins se dê conta, é privatizada, meio que por osmose, sem que ninguém vá às ruas, gritando palavras de ordem, tipo: "O Petróleo é Nosso !".



Tacada definitiva, por exemplo, podemos constatar, foi a inusitada Concorrência ganha por uma das Empresas "X" do Empresário, que conquistou o Direito de administrar o Maracanã, e o Zinho, bem como o entorno do Estádio, por 35 longos anos, um empreendimento no qual os Cofres Públicos do Estado Brasileiro, gastaram, meio que a fundo perdido, a bagatela de Um Bilhão de Reais, para o novo advento do Estádio, nos padrões da Fifa, para, posteriormente, entregá-lo à Eike, por singelos Seis Milhões de Reais, em suspeita Concorrência Pública, em que teria sido beneficiado por seu Padrinho Político, Sérgio Cabral, Ex-governador do Rio de Janeiro, há mais de ano recolhido por detrás das grades, e Lula da Silva, igualmente preso.



Considerando, ademais, que o supra citado "Rei Midas", a figura mítica da lenda, com que fazemos analogia com Eike, morreu de fome, por usura, já que o próprio alimento que tocava virava ouro, de impossível digestão, então eu vos pergunto, quanto ao tema inicial da presente matéria: "Assim, como não se tornar um Milionário ?"



Algum de vós se habilita ? 


Sobre o autor

O GRITO DO CIDADÃO (ANTUÉRPIO PETTERSEN FILHO)

ANTUÉRPIO PETTERSEN FILHO, MEMBRO DA IWA – INTERNATIONAL WRITERS AND ARTISTS ASSOCIATION É ADVOGADO MILITANTE E COLABORADOR DO SITE QUENOTÍCIAS, É ASSESSOR JURÍDICO DA ABDIC – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE DEFESA DO INDIVÍDUO E DA CIDADANIA, QUE ORA ESCREVE NA QUALIDADE DE EDITOR DO PERIÓDICO ELETRÔNICO “ JORNAL GRITO CIDADÃO”, SENDO A ATUAL CRÔNICA SUA MERA OPINIÃO PESSOAL, NÃO SIGNIFICANDO NECESSARIAMENTE A POSIÇÃO DA ASSOCIAÇÃO, NEM DO ADVOGADO.