RD POLITICA ( WC e redação)


Ex-governador Bianco vice de Expedito, Câmara Federal é o melhor caminho para Confúcio, Jesualdo novamente na disputa do governo do Estado

personRD POLITICA ( WC e redação) date_range27 Jul 2018 - 12h57

Bianco – São somente boatos que circulam em redes sociais que o ex-governador, senador, deputado estadual constituinte e prefeito de Ji-Paraná em três mandatos, José Bianco estará participando como candidato as eleições deste ano. Os boatos davam conta que Bianco disputaria as eleições de outubro próximo como vice do pré-candidato a governador do PSDB, Expedito Júnior. Bianco disse que há tempo pendurou a pretensão de disputar eleições e que participa somente como militante do DEM e no apoio aos amigos e correligionários.  “E também como eleitor”, afirmou à coluna.



Governo – Estamos em período de convenções, que será encerrado no próximo dia 5. Como se esperava o diz-que-diz é intenso e controverso ao extremo. Nada do que se tem como definido agora, pode ser confirmado meia hora, após. Voltam a correr comentários amplificados que o ex-prefeito de Ji-Paraná, Jesualdo Pires (PSB) é o nome do bolso do colete de um influente e importante grupo empresarial de ramificação nacional. Dependendo da decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) no registro da candidatura, Jesualdo será a bola da vez. Quem viver verá...



MDB – As informações (sic) conhecidas como “missas encomendadas” que circulam em redes sociais, de pessoas ligadas ao ex-governador Confúcio Moura, preocupam os convencionais, que estarão homologando os candidatos a governador, vice, senadores (duas das três vagas) e deputados (federal e estadual) em outubro próximo. Na convenção, que ocorrerá no próximo sábado (28), na sede do partido em Porto Velho, das 9h às 15h serão definidas as parcerias e as nominatas de candidatos.



Tumulto – As notícias falsas ganham espaço neste período de convenção, inclusive em sites e não apenas nas redes sociais. Confúcio quer candidatar-se a uma das vagas ao Senado, mas como o senador Valdir Raupp é pré-candidato à reeleição, a segunda vaga deve ficar para formatar parcerias e se formar nominatas com outras siglas partidárias. Enfrentar as urnas com chapa “puro sangue” é suicídio eleitoral. O melhor caminho, o mais seguro para Confúcio é a disputa por uma das vagas à Câmara Federal.



Parceiro – Confúcio Moura foi eleito governador do Estado em 2010 e reeleito em 2014. No segundo mandato assumiu o compromisso de concluí-lo, para dar suporte ao partido nas eleições deste ano. Não cumpriu e ainda, percorreu boa parte do Estado com o seu ex-secretário de Finanças, Wagner Freitas apresentando-o como pré-candidato a governador e ignorando o presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho, pré-candidato do partido. Uma atitude nada partidária, pois o partido já estava definido pela pré-candidatura de Maurão.



Respigo



O pré-candidato a governador pelo PDT, senador Acir Gurgacz está preparando a equipe para disputar as eleições. A equipe de marketing já foi contratada e, após a convenção marcada para o próximo domingo (29), no espaço Elos Eventos na Avenida Guaporé, em Porto Velho iniciará o trabalho de campo +++ A ex-deputada estadual, ex-prefeita de Cacoal, Sueli Aragão, que estava fora do contexto político há tempo reapareceu. Ela participou de reunião do pré-candidato do MDB, Williames Pimentel, seu amigo de longa data esta semana na Zona Leste da capital +++ Ontem citamos que na coligação do senador Acir já estaria na disputa pela Câmara Federal o PTB, do deputado federal Nilton Capixaba; o PP da advogada Jaqueline Cassol, o PR do deputado federal Luiz Cláudio, o Solidariedade do ex-deputado estadual Tiziu Jidalías, o PSB do ex-deputado (federal e estadual) e ex-prefeito de Porto Velho, Mauro Nazif e pelo PDT a vereadora de Ji-Paraná Sílvia Cristina e o ex-prefeito de Vilhena, Melki Donadon. Faltou na lista o ex-deputado federal e ex-senador Amir Lando, do PSB, que já presidiu o, na época PMDB em Rondônia.



Autor / Fonte: Waldir Costa / Rondônia Dinâmica


Sobre o autor

RD POLITICA ( WC e redação)