PAINEL POLITICO (ALAN ALEX)


Expedito é candidato ao governo, mas só confirma em agosto

personPAINEL POLITICO (ALAN ALEX) date_range06 Jul 2018 - 16h57

E ainda, Maurão informa que para Confúcio “só sobra espaço para disputar a Câmara Federal”, e o TRE cassa mandato de prefeita de Pimenta Bueno



Exonerou geral



Como primeiro ato de sua gestão, o novo prefeito de Vilhena, Eduardo Japonês exonerou cerca de 400 servidores comissionados da prefeitura, que haviam sido contratados pelo presidente da Câmara que administrou a cidade por cerca de 60 dias. E o ato foi criticado pelo próprio vereador, que alegou “despesa desnecessária” com as demissões. Apesar desse ligeiro embate, a população apoiou o novo prefeito, já que se faz necessário estancar os gastos para poder ver o que sobra, e ai sim, se for o caso, fazer novas contratações. 



“Jeito diferente”



O deputado Luizinho Goebel, principal apoiador e articulador da campanha de Japonês, disse que o prefeito administra a cidade de “um jeito diferente”. O deputado afirmou que por ter origem no ramo empresarial, Japonês vai trabalhar como se a cidade fosse uma empresa, e que ele, Luizinho, não está interferindo em nada na gestão, “confio que ele fará uma boa administração. Terá meu apoio e da sociedade se trabalhar conforme o planejado, é competente e acredito que as coisas vão dar certo”, afirmou o parlamentar.



Deu ruim



A prefeita de Pimenta Bueno Juliana Roque (MDB) teve o mandato cassado por 4 votos a 3 no Tribunal Regional Eleitoral, em sessão que aconteceu na última quarta-feira, em Porto Velho, por abuso de poder econômico. Para o advogado Nelson Canedo, que representa a prefeita,  Juliana não pode ser afastada até que sejam encerradas as vias ordinárias, com o julgamento do recurso de embargos de declaração a ser eventualmente proposto, conforme recentemente decidiu o Supremo Tribunal Federal nas eleições complementares do Estado do Amazonas. Após, será proposto recurso especial e medida cautelar visando obter efeito suspensivo ao recurso especial. Até lá a Prefeita não pode, segundo entendimento do STF, ser afastada do cargo.



Já o marido de Juliana



Deputado estadual Cleiton Roque (PSB) foi absolvido pelo TRE na mesma ação. Ele estava inelegível, mas a Corte entendeu que ele não cometeu nenhum crime.



Endividamento



Reportagem publicada em PAINEL POLÍTICO sobre a dívida do Beron, que foi desnecessariamente reconhecida pelo ex-governador Confúcio Moura (MDB) mostrou um breve relato sobre o caso. Mas, faltaram algumas informações, entre elas a de que o Tribunal de Contas deveria (e não foi) ter sido provocado para dar parecer sobre a capacidade de endividamento do Estado para reconhecer tal dívida. Além disso, tramita na Corte um processo que apura as responsabilidades dos interventores nomeados pelo Banco Central, verdadeiros culpados pelo aumento da dívida do banco. Os “técnicos de Brasília” conseguiram afundar ainda mais a instituição e depois da lambança foram embora, deixando um rombo que até hoje (aí graças a Confúcio) o povo de Rondônia está pagando.



Falta planejamento



Foi liberado na última quarta-feira o acesso pelo elevado da BR 364 com avenida Campos Sales, mas o trânsito na região está caótico, apesar dos esforços da prefeitura em tentar organizar e fazer a coisa fluir. O maior problema está no trecho entre BR e Rua Goiás, na Campos Sales, que era mão dupla e agora não é mais. Os motoristas precisam acessar a região central pela Prudente de Moraes, que tem um asfalto antigo, está com as laterais tomada pelo mato e é escura. A prefeitura deveria ter dado uma limpada, sinalizado e arrumado o trecho que, já se sabia, seria utilizado como via de acesso.



Praticamente definido



Expedito Júnior deve mesmo disputar o governo de Rondônia. Embalado por números que seu grupo político considera positivo, o ex-senador vem conversando com lideranças e construindo algumas alianças para que sua campanha seja a mais organizada possível. Em 2014 Expedito foi patrolado pela máquina governista capitaneada por Confúcio Moura que não teve pudores em usar a estrutura do Estado para atacar seu adversário. O cenário em 2018 é diferente, avalia o próprio Expedito, mas ele disse que “confirmação mesmo só em agosto”. 



Já Maurão de Carvalho



Se adiantou e informou a Confúcio que no MDB o ex-governador não terá espaço para disputar uma vaga ao Senado. Maurão foi o maior aliado que Confúcio teve em todo seu governo, e mesmo assim sempre tratou com desdém as pretensões do presidente da Assembleia em disputar o governo pelo MDB. Confúcio queria Wagner de Freitas, ex-secretário de Finanças do Estado, que ele tem como “candidato ideal”. Maurão ficou magoado (e com razão) e não anda fazendo muito esforço por seu ex-aliado. O deputado está junto com Raupp, a quem credita ser um “político de palavra”. Pior para Confúcio, que ou disputa uma cadeira para deputado federal, ou se recolhe em Ariquemes. 



Vírus da zika se espalha mais pelo corpo que o da dengue? Estudo diz que sim



Pesquisadores da Universidade Estadual da Florida, nos Estados Unidos, demonstraram em estudo experimental que o vírus da zika é muito mais eficaz em se espalhar pelo corpo e, para isso, usa as células do próprio sistema imunológico. Enquanto os outros vírus “ficam pelo caminho”, o zika consegue ir além, dizem os cientistas. O estudo foi publicado nesta quinta-feira (5) na “Cell Reports” e teve como autores Hengli Tang, professor da Universidade Estadual da Florida e Jianse lang, pesquisador de pós-doutorado. Para chegar a essa conclusão, pesquisadores compararam o vírus da dengue com o vírus da zika em uma série de testes. Eles explicam, em nota, que ambos os vírus são muito semelhantes em sua superfície, mas a característica do zika de chegar a mais locais no organismo os levaram a fazer a seguinte pergunta:- Há algo específico no vírus da zika que faz com que ele se dissemine pelo organismo melhor que o da dengue? Sim, responderam os cientistas. E isso tem a ver com um típo de célula imune conhecida como “macrófago”. O zika, em vez de ser atingido por essa célula, pega “carona” no macrófago, flutua pela corrente sanguínea e chega a outras partes do corpo.


Sobre o autor

PAINEL POLITICO (ALAN ALEX)

Alan Alex Benvindo de Carvalho, é jornalista brasileiro, atuou profissionalmente na Rádio Clube Cidade FM, Rede Rondovisão, Rede Record, TV Allamanda e SBT. Trabalhou como assessor de imprensa na SEDUC/RO foi reporte do Diário da Amazônia e Folha de Rondônia é atual editor do site www.painelpolitico.com. É escritor e roteirista de Programas de Rádio e Televisão. .