RD POLITICA ( WC e redação)


Família Carvalho amplia participação política, Guedes quer disputar convenção do PSDB, presidente do PV na chefia de gabinete da Prefeitura de Vilhena

personRD POLITICA ( WC e redação) date_range25 Jul 2018 - 15h37

Força – A Família Carvalho vem ampliando espaço na política regional. O patriarca, Aparício Carvalho já foi vereador em Porto Velho, deputado federal e vice-governador. Afastou-se da política para cuidar da Fimca, uma das faculdades mais importantes do país. Mas a Família Carvalho não deixou totalmente a política. Sua filha, Mariana Carvalho, preside hoje o diretório regional do PSDB, sigla preferida da Família. Ela primeiramente se elegeu vereadora na capital e em 2014 foi eleita deputada federal com mais de 60 mil votos. Ela também ocupa a 2ª secretária da Câmara Federal.



Continuidade – Nas eleições de 2016 a Família Carvalho novamente demonstrou força e ampliou a representatividade na política. Maurício Carvalho, irmão de Mariana foi eleito vereador em Porto Velho e hoje preside o Parlamento Mirim na capital. Agora como Fenix, Aparício Carvalho volta a participar diretamente da política na disputa de cargo eletivo de 1º suplente do pré-candidato ao Senado, deputado federal e presidente regional do DEM, Marcos Rogério.



Tucanos – A coluna já abordou o assunto em diversas oportunidades, mas devido à relevância merece mais uma pincelada. O ex-prefeito de Porto Velho, ex-deputado federal e um dos fundadores do diretório nacional do PSDB José Guedes, lançado há meses como pré-candidato do partido a governador foi ignorado pela cúpula do partido. Os tucanos estiveram aninhados no último sábado (21) em Ji-Paraná para uma pré-convenção e receberam a visita do candidato da sigla à presidência da República Geraldo Alckmin. Expedito Júnior foi lançado pré-candidato e nem agradeceram a benevolência de Guedes. Hoje, Guedes oficiou a presidente deputada Mariana solicitando sua oficialização como candidato a vaga na convenção, inclusive que conste no edital de convocação. É o fim da rosca...



PHS – Missão difícil, mas não impossível da ex-chefe de gabinete da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa (Ale), Irma Fogaça, filiada ao PHS e pré-candidata e deputada estadual. Irma tem ótimo conhecimento do Estado, contato e trânsito com inúmeras lideranças políticas da capital e do interior, trabalha forte para consolidar seu nome na convenção e ser o carro-chefe, para que o partido consiga o quociente eleitoral que deverá ficar em torno de 30 mil votos, para eleger o primeiro deputado. Se depender do grupo da capital ela voltará para a Casa do Povo, mas agora eleita pelo voto popular.



Vilhena – O presidente do diretório do PV em Vilhena, professor Gilson Ferreira, foi peça da maior importância na eleição do prefeito de Vilhena Eduardo Japonês (PV), na eleição suplementar realizada em junho último. Comentou-se intensamente na cidade, após a vitória de Japonês, que Gilson, que está lotado no gabinete do deputado estadual Luizinho Goebel (PV-Vilhena) seria o chefe de gabinete da prefeitura. Isso, ainda, não ocorreu, mas quem perde é o município, porque Gilson é a pessoa ideal para o importante cargo. Se ocorrer, o prejuízo será do deputado Luizinho.  



Respigo



O ex-governador Confúcio Moura (MDB) está distante do noticiário há dias. Desde que criticou colegas de partido alegando que estavam cerceando sua pré-candidatura ao Senado pouco ou quase nada se comenta sobre o futuro político de Confúcio +++ A ousadia dos ladrões e a ineficácia da polícia ficaram mais expostas, após o furto de um caminhão caçamba e de uma caminhonete Hilux do pátio da Prefeitura de Cujubim, interior do Estado no último fina; de semana. Caso não tenhamos mais rigor na aplicação das leis e promovam ações mais efetivas e agressivas da polícia o povo ficará a cada dia mais exposto à violência +++ O coordenador da Defesa Civil em Rondônia, Marcelo Santos, está preocupado com o nível do rio Madeira, que na segunda-feira (23) estava com pouco mais de 5 metros. Como choveu com intensidade no inverno amazônico é natural que ocorra no verão um período maior de estiagem +++ Navegação e a pesca noturna não estão sendo aconselhadas neste período. Devido à erosão são comuns bancos de areia e pedras no rio.



Autor / Fonte: Waldir Costa / Rondônia Dinâmica


Sobre o autor

RD POLITICA ( WC e redação)