RD POLITICA ( WC e redação)


Jogo de interesse trava pavimentação do “meião” da 319, Sindeprof arrecada mais de R$ 2 milhões por ano, aumentam buracos nas ruas da capital

personRD POLITICA ( WC e redação) date_range19 Jan 2018 - 05h56

Semancol – Não é um recado, mas um alerta. Um “alegre” político, do interior, que atua há pouco tempo na capital já se julga o dono da verdade, talvez o novo Messias. Com passado nada recomendável, inclusive com processo na passagem pelo executivo municipal, é forte candidato a ficar fora das eleições deste ano. Ele, ainda, não se ajustou ao seu lugar de “mais um”. Recomenda-se a tomar uma boa dose de semancol. Talvez o cidadão não tenha dimensão do que vem por ai...



BR 319 – A única ligação rodoviária do Amazonas e de Roraima para os demais estados brasileiros é a BR 319, que liga Porto Velho a Manaus. Construída na década de 70, a 319 é utilizada como “símbolo” dos ecologistas da “selva de pedra” para impedir o trânsito nos cerca de 900 quilômetros entre as duas capitais. Falta recuperar o “meião” da rodovia, que já foi totalmente pavimentada. Os balseiros são quem impedem porque que não tem interesse na reformulação da estrada.



Senado – Uma comitiva da Comissão de Serviços e Infraestrutura do Senado percorreu o trecho Porto Velho a Manaus, esta semana. Mesmo com o período de inverno amazônico (chuvas) a comitiva chegou sem problemas à capital manauara e constatou, que a estrada não provoca nenhum dano ambiental. A reconstrução do “meião” em nada irá prejudicar o meio ambiente, como pregam ambientalistas de elite e a serviço de “donatários” da região, como os proprietários de balsas. Já passou da hora de o povo exigir que seja cumprido o direito de ir e vir do cidadão.



Sindicato – O Sindicato dos Servidores Municipais de Porto Velho (Sindeprof) tem receita financeira que dá inveja a muitos empresários. A receita mensal do Sindeprof é superior a R$ 204 mil e anual acima de R$ 2,4 milhões. O sindicato é presidido –e controlado– há anos pela vereadora Ellis Regina (PCdoB) e pela sua família. No período eleitoral o compromisso é com a democracia, rotatividade de poder, mas quando assume muda-se até estatuto como é o caso da diretoria atual, que se perenizou no poder. É o conhecido sindicalismo pelego, onde o sindicalizado é “um detalhe”.



Buracos – Boa parte das ruas e avenidas da área central de Porto Velho está esburacada. Como a previsão é de muita chuva até março próximo, o retorno do trabalho de tapa-buracos, que aconteceu no início da administração Hildon Chaves (PSDB) em janeiro de 2017 se faz necessário. Devido a intensidade das chuvas os buracos aumentam de tamanho rapidamente e em razão da infiltração eles se transformam em crateras, prejudicam o trânsito, favorecem acidentes e aumentam o custo para recuperação das ruas e avenidas.



Respigo



A temperatura em Rondônia, após vários dias oscilando entre 23 a 28 graus hoje (18) retomou a normalidade. Por volta das 15h os termômetros marcavam 31 graus +++ Hoje (18) o nível do rio Madeira em Porto Velho estava em 14,04m. São 4 centímetros, acima da cota de alerta divulgada pela Defesa Civil +++ A cheia de 2014 chegou a 19,70 no mês de março daquele ano. O início da subida de nível foi em 20 de janeiro de 2014, por isso é necessário um monitoramento constante do rio pelas autoridades +++ O deputado Hermínio Coelho (PDT-PVH) está percorrendo o interior do Estado. Hoje (18) ele estava junto a lideranças da região polarizada pelo município de Rolim de Moura +++ Na última semana o governador Confúcio Moura (PMDB) solicitou a todos os secretários e assessores que colocassem os cargos à disposição. Depois disso nada mais se comentou e a curiosidade é grande +++ Quem saiu para candidatar-se nas eleições deste ano? Quem ficou?



Autor / Fonte: Waldir Costa / Rondônia Dinâmica


Sobre o autor

RD POLITICA ( WC e redação)