VISÃO PERIFÉRICA


Marcos Rocha supera Piana, Raupp, Bianco, Cassol e Confúcio; militar é o único a ultrapassar a marca de meio milhão de votos em Rondônia e a bater mais de 65% do total

personVISÃO PERIFÉRICA date_range29 Out 2018 - 11h41

Marcos Rocha supera Piana, Raupp, Bianco, Cassol e Confúcio; militar é o único a ultrapassar a marca de meio milhão de votos em Rondônia e a bater mais de 65% do total



 



Porto Velho, RO – O novo governador de Rondônia Coronel Marcos Rocha, do PSL, considerando exclusivamente a margem dos votos válidos, quebrou dois recordes regionais após a apuração das urnas no segundo turno das eleições.



Ele é o único candidato ao Executivo a superar a marca de meio milhão de votos; aliás, antes dele também não há nos anais da história rondoniense um postulante que seja – após a redemocratização brasileira – a ultrapassar a linha dos 65%.



2018





O que mais chegou perto foi o ex-governador e ainda senador da República Valdir Raupp, que, em 1994, fez 63,11% dos votos contra 36,89% apresentados pelo ex-prefeito de Porto Velho Chiquilito Erse.



É preciso ponderar, no entanto, que Ivo Cassol foi o único governador eleito no primeiro turno quando, em 2006, registrou 54,14% dos votos válidos, uma performance surpreendente diante, por exemplo, da segunda colocada no pleito, a ex-senadora Fátima Cleide, do PT, que totalizou à época 25,90%.





De 90 para cá, Cassol foi o único governador eleito no primeiro turno



Cassol mais que dobrou a votação em cima da petista, obtendo quase 17 mil votos a mais do que o desempenho duplicado de Fátima Cleide naquele ano.



Já Marcos Rocha, arrastado ao segundo turno em 2018 pela “onda Bolsonaro”, deixou para trás as votações de Oswaldo Piana (1990), Valdir Raupp –  conforme já mencionado –, José de Abreu Bianco (1998), do próprio Cassol quando disputou pela primeira vez em 2002 e de Confúcio Moura (2010-14).



Confira os dados sobre as eleições de 1990 a 2014



1990



1994



1998



2010



2014



Presidente da República e três governadores



O PSL não elegeu apenas Jair Bolsonaro presidente da República e Marcos Rocha governador de Rondônia.



A legenda emplacou, ainda, 52 novos deputados federais, quatro senadores  e outros dois comandantes do Executivo tanto em Roraima quanto em Santa Catarina.





Jair Bolsonaro é eleito com 57,7 milhões de votos



No primeiro, foi eleito Antônio Denarium, com 53,34% dos votos; no segundo, Comandante Moisés, com 71,09%.


Sobre o autor

VISÃO PERIFÉRICA

POR: VINICIUS CANOVA