O ESPECTADOR - POR VINICIUS CANOVA


O assédio ao verdadeiro fenômeno das eleições; e político se enrola com órgãos de controle após fazer tratamento dentário caríssimo pago com dinheiro público

personO ESPECTADOR - POR VINICIUS CANOVA date_range01 Nov 2018 - 07h18

Voltamos



Após o resultado as eleiçoes 2018, "O Espectador" volta às suas atividades regressando às habituais veiculações semanais.



Coluna avisou



No dia 19 de setembro esta mesmíssima coluna avisou sobre Vinícius Miguel (REDE): Prestem atenção nesse cara...



Pois bem...



O jovem professor universitário superou todas as expectativas porque, além da expressiva votação no primeiro turno que ultrapassou a marca dos 110 mil votos, bateu todos os adversários em Porto Velho. Na Capital, Vinícius Miguel fez quase 70 mil votos, abrindo uma distância de praticamente 23 mil votos em relação ao segundo colocado, Coronel Marcos Rocha, do PSL, eleito governador no segundo turno.





Fenômeno



A performance do advogado o credenciou ao posto de fenômeno das eleições 2018 em Rondônia. Explico: Marcos Rocha, embora tenha vencido as eleições com mais de 500 mil votos no segundo turno, apegou-se, com esperteza e logística apurada, à figura do presidente eleito Jair Bolsonaro, contagiando-se com a adesão coletiva e massificada atrelada à postulação do capitão da reserva, novo regente da República.Vinícius Miguel, por outro lado, cresceu de forma espontânea e meteórica, sozinho, após se apresentar nos debates televisivos promovendo contendas retóricas que marcaram a sua passagem pelo pleito.



Ligações e conselhos



Vinícius Miguel não confirma, mas informações obtidas por “O Espectador” diretamente nos bastidores da política dão conta de que, após a apuração das urnas no dia 07 de outubro, o professor teria passado a receber ligações inimagináveis na sua vida até ali. Políticos da velha-guarda entravam em contato para assediá-lo, pedir conselhos e até para conversar trivialidades. Isso sem contar os convites...





O jovem professor universitário surpreendeu ao ultrapassar a marca dos 100 mil votos em sua primeiro eleição



Convites



O rapaz, que ninguém conhecia – nem reconhecia – como protagonista da política eletiva regional, ainda que atuasse há mais de uma década em ações sociais contundentes, teria recebido convites até mesmo para ser candidato a prefeito em cidades grandes do interior, como Ariquemes, Ouro Preto e Vilhena.



De verdade mesmo



As únicas certezas confirmadas por Vinícius Miguel é que, após o pleito, retornou às suas atividades rotineiras – e extenuantes – nas salas de aula da UNIR e advogando. “Não fiz articulações nem me envolvi no segundo turno. E as pessoas às vezes não entenderam por que eu não emprestei apoio para conseguir cargo para mim ou aos demais membros da REDE. Entenderiam se tivesse observado o que eu disse durante os debates”, alegou.



Pés pelas mãos



Entretanto, alegou que, se fosse convidado para compor qualquer secretariado, incluindo aí o governo Marcos Rocha, não aceitaria só por aceitar. “É muito cedo para falar sobre o futuro na política, mas, se eu fosse convidado para ser secretário, teria de fazer uma análise profunda para não meter os pés pelas mãos. Aceitar qualquer coisa como, por exemplo, uma pasta engessada, cheia de problemas, onde não há previsão para realizações ou soluções, seria um tiro no pé”.





Vinícius Miguel fez 30,28% dos votos válidos em Porto Velho





Político derrotado em Rondônia bancou tratamento dentário caríssimo com dinheiro público



O preço de um sorriso



Está nas mãos dos órgãos de controle o curioso caso de um político de Rondônia derrotado nas eleições deste ano que teria, de acordo com informações colhidas por esta coluna, custeado caríssimo tratamento dentário, ou seja, torrado algo em torno de R$ 200 mil em dinheiro público para consertar os dentes. A previsão antes do dia 07 de outubro era garantir um largo sorriso na solenidade de diplomação em 2019. Não deu...



Aspirina é por conta dele



O sorriso nós pagamos, você eu, deixando claro. Agora, em relação à dor de cabeça que o derrotado arrumou com isso, ah, pelo menos a Aspirina vai sair do bolso dele.



Contato



Estamos à disposição através do e-mail viniciuscanova89@gmail.com. Lembre-se: “O Espectador” é veiculada originalmente no Rondônia Dinâmica, mas a reprodução está autorizada desde que citada a fonte.



Autor / Fonte: Vinicius Canova / O Espectador


Sobre o autor

O ESPECTADOR - POR VINICIUS CANOVA

JORNALISTA COLABORADOR DO WWW.QUENOTICIAS.COM.BR