O QUE DA NOTICIA (AOR OLIVEIRA)


POR QUE OS PASTORES POLÍTICOS SÃO GANANCIOSOS POR DINHEIRO?

personO QUE DA NOTICIA (AOR OLIVEIRA) date_range03 Jan 2019 - 13h15 location_onARIQUEMES

Isso é uma das coisas que eu mais detesto é misturar religião com política principalmente se o político é um pastor evangélico. Conheço alguns políticos que são ligados a igreja, mais que no seu papel político não sabe diferenciar uma função dá outra. Pastor que é político está em desvio do exercício nato de função que é pastorear ovelhas para o reino de Deus. E além do mais impõem uma avareza, se mistifica e entrelaça-se com o poder e ai vem à usura a ganância, e procura vê vantagem a cada projeto que for votar. Na verdade o pastor político pensa que o sistema a qual pertence  tem condições da dinheiro alosel para lhe sustentar além de seu salário percebido por está agente público. 



ELEIÇÕES 2020



Claudia Moura será a aposta de Confúcio Moura senador eleito pelo MDB para a disputa pela cadeira de prefeito na próxima eleição. Confúcio já planeja a estratégia para colocar sua irmã no Palácio Carpintero. É só esperar para ver a tendência do eleitor.



FORA DE PLUMO



O deputado estadual Adelino Follador que tematicamente votou favorável ao 13º e 14º salários dos deputados, vem agora com uma conversa politiqueira, depois que a Justiça barrou tal aumento, dizendo que vai pedir a anulação da sessão que autorizou tal façanha.



Deputado é mais útil Vossa Excelência providenciar uma ação para conter o aumento abusivo da água aqui na sua terra Ariquemes, onde está radicado boa parte de seu eleitorado, se tomar essa atitude merecerá aplausos, mais ir de encontro em uma matéria votada pelo senhor isso é hipocrisia.  



POVO DE ARIQUEME43S homenageia A RAINHA DO Bataclã NA SUA SAIDA DA SEMA.



Diferentemente da saída de outros secretários quando são exonerados da Prefeitura, nunca houve tanto burburinho entre o povo da terra dos “uru-eu-au-au”, quanto o da saída da Rainha do Bataclã da SEMA.



O motivo de tanta alegria foi por conta da saída de quem prejudicou muito mais o meio ambiente do que contribui, em sua administração a frente da SEMA aconteceram os cortes dos Ipês na Capitão Silvio, a morte por envenenamento de varias arvores em diversos pontos da cidade sem que tenha havida nenhum pronunciamento da poderosa Rainha ou que a mesma tenha determinado uma investigação, o corte dos pinheiros na Canãa, aplicação de varias multas em fim; quem só sabe conduzir um salão de beleza não pode ser agente publico ainda mais ocupando uma secretaria de suma importância para o município.



Adeus poderosa Rainha, Ariquemes não sentirá sua falta.



O BRASIL PRECISA PRODUZIR



O Brasil é um País de terceiro mundo necessitando produzir, colocar suas indústrias em pleno vapor de funcionamento, suas fabricas, negócios, comercio em fim precisa aumentar seu BIP.



Mais como isso pode acontecer se temos nesse País da preguiça um enorme numero de feriados?



Não podemos suportar isso é necessário que se mude essa cultura de tantos feriados, a princípio o Estado é Laico. Então não há que se misturar política com religião, para que feriados religiosos de tamanha monta? Outro ponto são feriados desnecessários tais como Tiradentes, dia do índio, descobrimento do Brasil e outros tudo com pretexto de dar folga e estagnar a produção.



Na verdade em um governo de progresso só haveria dois feriados o dia da independência e o dia da padroeira do Brasil. O resto cancelado.



ARMA DE FOGO



Disse o internauta



POSSE DE ARMA DE FOGO e o decreto regulamentar. Cumprindo promessa de campanha, o Presidente eleito Jair Bolsonaro, nesta manhã, pelo Twitter, afirmou que, por decreto, garantirá a “posse de arma de fogo para o cidadão sem antecedentes criminais, bem como o seu registro definitivo”. Sem entrar no mérito da eficácia dessa medida no combate à criminalidade (pois não sou conhecedor profundo das pesquisas já realizadas acerca do tema), vale a pena explicar o seguinte.



Não se pode confundir a POSSE da arma de fogo com o seu PORTE. A primeira (a posse) significa ter a arma no interior de sua residência ou dependência desta (quintal, por exemplo) ou no seu local de trabalho. A regulamentação da posse é feita por DECRETO presidencial (atualmente é o Decreto n. 5.123/04). Atualmente, são requisitos para ter a POSSE da arma de fogo: a) provar a efetiva necessidade; b) ter, no mínimo, 25 anos; c) inexistência de inquérito policial ou processo penal; d) ocupação lícita e residência certa; e) comprovada capacidade técnica para o manuseio de arma de fogo; f) aptidão psicológica, comprovada por laudo de psicólogo da Polícia Federal (art. 12 do decreto). O Presidente eleito logo mudará o decreto. Se interpretado literalmente o seu tweet, de seis requisitos, teremos dois requisitos, não sendo mais necessário comprovar a necessidade da arma (requisito “a”), nem ter ocupação lícita ou residência certa (requisito “c”), bem como comprovada capacidade técnica ou aptidão psicológica (requisitos “e” e “f”). Primeiramente, deve ocorrer a redução da idade para se ter a arma. O Presidente eleito escreveu “cidadão”, que significa pessoa no gozo dos seus direitos políticos. Embora no Brasil já se possa votar a partir dos 16 anos, imagino que a redução da idade será para 18 anos. O segundo requisito previsto no tweet presidencial é a inexistência de antecedentes criminais. Atualmente, o decreto impede a existência de inquéritos policiais ou processos em andamento. Devemos aguardar o decreto. Prevalece o entendimento de que inquéritos policiais ou processos em curso não configuram maus antecedentes (Súmula 444 do STJ). Ser réu não significa ter maus antecedentes.



O próprio Presidente já declarou que admitirá que alguns dos seus ministros sejam réus, podendo continuar em seus respectivos ministérios desde que não sejam condenados. Agora, não confundamos a POSSE da arma (que pode ser alterada por DECRETO, com o PORTE, previsto no artigo 6º, da Lei 10.826/03, que permite ter a arma consigo nas ruas, fora de sua residência ou local de trabalho. A ampliação do PORTE (para caminhoneiros, seguranças etc.) depende de LEI FEDERAL, aprovada pelo Congresso Nacional. No caso, bastaria uma lei ordinária para fazer essa ampliação. A POSSE será ampliada nos primeiros dias de 2019. Quanto ao PORTE, devemos aguardar o Congresso Nacional. Aparentemente, a ampliação do PORTE também é uma tendência no país. Prof. Flávio Martins.



OUTRO INTERNAUTA



No mesmo tema



Salvem-se quem puder... Cidadão "de bem" armado, cuidado pra não virar "assassino", se não Bolsonaro toma a arma!



Pra quem não entendeu, posse é diferente de porte, apesar de não concordo principalmente essa parte de "cidadão de bem". São os piores bandidos.



Mesmo cidadão de bem que bebe e bate na mulher em casa ou dirige bêbado e causa acidentes



Registro de Arma de fogo permite ao proprietário de uma arma de fogo possuí-la dentro de sua residência, ou ainda, no seu local de trabalho, desde que seja o titular ou responsável legal pelo estabelecimento.



O bom disso aí vai ser para os bandidos, por que ele sabendo que o cidadão pode tá armado já vai chegar matando, e ainda leva a arma de brinde. O resultado todo mundo já sabe



E MAIS



O RECADO DE SÉRGIO MORO AOS MINISTROS DO STF.



 



Em seu primeiro discurso entronizado no posto de Ministro de Estado da Justiça, Sérgio Moro discursava às 15h18m em Brasília quando no ponto máximo da fala mandou um recado ao STF.



Primeiro ele cutucou os egos dos ministros em conceder liminares ou HCs que colocam. A Corte Suprema da Justiça no centro das discussões do país. Sim, foi uma alfinetada acum pultural no ministro Marco Aurélio que tentou, em demasia, acabar com a Lava Jato no último dia 19 de dezembro.



O Ministro Dias Tofoli que estava na cerimônia de entronização de Sérgio Moro, sorriu discretamente, pois foi citado pelo ex-magistrado federal por sua conduta em não permitir a execução da liminar concedida pelo ministro Marco Aurélio que colocaria milhares de presos em liberdade.



Além de dar um pito no ministro do STF, Sérgio Moro emitiu um recado ao STF (seus ministros) que os tempos são outros.



Com o recado dado, Moro avisou que não será como antes e que tão brevemente ele estará lá (no STF).



O STF não é o legislador da pátria, assim eu entendi o último recado de Moro aos ministros da Corte.



 



Vick Bacon.



03 de janeiro de 2019.


Sobre o autor

O QUE DA NOTICIA (AOR OLIVEIRA)