O QUE DA NOTICIA (AOR OLIVEIRA)


REDES SOCIAIS DETONA VEREADOR

personO QUE DA NOTICIA (AOR OLIVEIRA) date_range10 Jun 2020 - 09h49 location_onARIQUEMES

As redes sociais foram implacáveis com o vereador que expos em situação de constrangimento um idoso por conta de um exame, principalmente os vários comentários feitos no Facebook.



O vereador que atualmente leva vários codinomes o qual não sabemos definir qual é o verdadeiro, agiu de forma irresponsável sem ter se inteirado da situação e findou com a exposição de um idoso que se encontrava em estado de urgência e emergência. A fiscalização é atribuição do vereador mais tem de ser feita com responsabilidade, e não num vulto de querer aparecer e fazer politicagem barata. E enquanto agir assim as redes sociais o detonará com toda certeza.



A LIBERDADE



A liberdade de imprensa. A liberdade de imprensa é o direito dos profissionais da mídia de fazer circular livremente as informações, um pressuposto para a democracia. O contrário dela é a censura, própria dos governos ditatoriais, que limitam o poder de ação da mídia de acordo com seus interesses particulares.



 



Essa liberdade é exercida por profissionais da área através do exercício de seu trabalho ou mesmo em protestos. Em recompensa ao trabalho árduo da imprensa, existem diversos prêmios que prestigiam atuações em situações nem sempre favoráveis à liberdade, como a cobertura de países em guerra, por exemplo.



Com o advento da Constituição Federal de 1988, os fundamentos legais acerca do direito à informação foram estabelecidos, garantindo a liberdade de imprensa, desde que vedado o anonimato.



FALEMOS DE POLITICA



Uns dizem que a politica é a arte de engolir sapos



Já outros dizem que a politica é a arte real.



E você candidato diz o quê?



OS FILÓSOFOS DA POLITICA



Ariquemes é realmente a República Independente da Federação do Brasil, aqui tem cada protótipo do além,   cientista politico temos comentaristas, interprete político, e outras figuras emblemáticas. Nota-se isso nas redes sociais e grupos.



OS TRÊS MOSQUETEIROS



A dinastia Francesa do século XVII, por conta de uma espiã a serviço do cardeal Richelieu, se deu inicio a uma cruzada que foi chamada de os três mosqueteiros mais que na verdade eram quatro corajosos guerreiros do Rei.



Acontece que nos reportando ao presente aqui na cidade de Ariquemes temos a formação atual dos três mosqueteiros, que passará a agir e nessa lista promissora tem vereador encabeçando o martírio. É só esperar para ver.



VALDOMIRO COM COVID



O Apostolo Valdomiro de que cura cegos, aleijados e outras tantas doenças, que vende água milagrosa, feijão que cura o Covid – 19, por ironia do destino está internado com a doença do século, que nem o seu próprio feijão o curou.



Será que o Covid vai levar esse pilantra enganador do povo para o inferno?



BRASIL PRECONCEITUOSO



Além de ser um País de quinto mundo, o Brasil é uma Nação – racista, homofóbico e perseguidor, seus direitos não são respeitados por ninguém, e muito menos pelas autoridades constituídas.



Salve! Salve! Brasil.



Falsas conveniências 



Nem tudo nos convém,  mas toleramos. Em casa, na rua, na fila do banco, no comércio... Em todos os lugares, sofremos e praticamos algum tipo de preconceito,  por ser negro, por ser mulher, por ser velho, por ser gay ou por  entrar de chinelo em um comércio. As pessoas estão sempre associando estereótipos a coisas negativas, formando um pré julgamento que favorece a discriminação. Foi necessário ver em rede nacional um negro norte americano morrer,  pra que de repente o brasileiro se desse conta da  violência diária que  sofre?!

Quantos de nós morreram todos os anos, e diariamente continuam a sofrer, a morrer, e o que fizemos em relação a isso? Que medidas cobramos de nossos governantes? Ficamos horrorizados com a morte de Jorge Floyd. Mas o que temos a dizer sobre, o José,  a Maria, o Gabriel, o Miguel, o filho da vizinha e todos aqueles que sofrem diariamente com o preconceito e a violência ao nosso redor?

E o auto preconceito,  aquele que  praticamos quando não dizemos onde moramos, não falamos sobre nossas

Origens, por vergonha?!

O que estamos fazendo para mudar essa situação? Como vamos cobrar respeito, quando nem eu ou você respeita quem  realmente somos.  Precisamos refletir, lutar por respeito, igualdade. Pois cremos ser todos iguais diante de Deus.


Sobre o autor

O QUE DA NOTICIA (AOR OLIVEIRA)