RD POLITICA ( WC e redação)


Secretários de Confúcio deixam cargos, expectativa sobre futuro político de Daniel Pereira, alagações continuam sem solução

personRD POLITICA ( WC e redação) date_range06 Jan 2018 - 07h28

Muda – A equipe de trabalho do governador Confúcio Moura (PMDB) deverá ser renovada em praticamente todos os setores. Boa parte por desincompatibilização, como são os casos de Williames Pimentel (Saúde), Evandro Padovani e Mary Braganhol (Seagri) que estão limpando as gavetas para deixarem o governo em março próximo, prazo para quem deseja concorrer a cargo público nas eleições de outubro próximo deixar os cargos que ocupam.



Equipe – Como poucos acreditam que Confúcio permanecerá no governo, ele também está entre os aspirantes a concorrer nas eleições deste ano, por isso terá que renunciar o mandato. O que mais se comenta é que Confúcio concorrerá a uma das duas vagas ao Senado, mas há também quem afirme que ele, para não prejudicar o senador Valdir Raupp, colega de partido e pré-candidato à reeleição fique no prejuízo eleitoral. Confúcio renunciando, quem assumirá o comando do Estado é o vice-governador Daniel Pereira (PSB). Muita gente que está no governo deverá sair, porque Daniel terá a sua equipe.



Reeleição – Há quem garanta que, com Confúcio renunciando, para candidatar-se (Senado ou Câmara Federal) Daniel tomará o mesmo caminho, porque quer uma das vagas a deputado federa. No caso assumirá o governo o presidente da Assembleia Legislativa (Ale), Maurão de Carvalho (PMDB-Andreazza) pré-candidato declarado a governador. Assumindo Maurão irá para a reeleição com a estrutura de governo na mão. Somente em março próximo teremos o quadro real da situação. Por enquanto tudo é especulação, como não poderia deixar de ser. Mas como onde há fumaça há fogo...



Alagações – O problema é crônico e nenhum dos últimos prefeitos (Roberto Sobrinho, do PT em dois mandatos seguidos e Mauro Nazif, do PSB) conseguiram resolver. São as constantes alagações em Porto Velho. Apesar de ciente do problema quando se candidatou em 2016, o prefeito Hildon Chaves (PSDB) também não teve condições de ao menos amenizar a situação. Quando chove forte é comum ruas e avenidas em bairros e na área central da cidade ficarem alagadas e em muitos casos invadindo casas como ocorreu esta semana.



Alagações II – Entramos no primeiro mês do segundo ano de mandato de Hildon. Hoje, além de constatar in loco a situação das alagações ele e sua equipe deverão criar meios e formas para que a situação seja amenizada. A utilização das galerias pluviais como depósito de lixo e de rede de esgoto são algumas situações, que contribuem para as constantes alagações. Quando o verão (seca) chegar é necessário priorizar a solução para o problema, que é grave e inadmissível para uma capital.



Respigo



Como chove muito na região e na Bolívia é necessário maiores cuidados o nível do rio Madeira. As autoridades devem acompanhar as oscilações de níveis para que Porto Velho, Nova Mamoré e Guajará-Mirim não sofram o mesmo problema de 2014 devido à cheia histórica do Madeira +++ Na época a ligação terrestre com o Acre, via BR 364 ficou comprometida e com locais intransitáveis. Tivemos períodos de interrupções, porque alguns trechos da 364 ficaram alagados e sem condições seguras para a travessia +++ O advogado Walter Silvano, que é membro do diretório regional do DEM em Rondônia se prepara para enfrentar as urnas este ano. Ele é membro atuante do partido, já passou pelo governo do Estado como chefe de gabinete do ex-governador José Bianco e presidiu o Iperon +++ Aos poucos o Brasil vai retomando o ritmo de trabalho. Na próxima semana teremos o retorno das atividades do Congresso Nacional, prefeituras, Assembleias Legislativas, governos dos Estados +++ Mas em fevereiro próximo já teremos o Carnaval e a partir de março a largada para as eleições deste ano com o fim do prazo para desincompatibilização e filiações partidárias. A não ser em casos especiais como militares, por exemplo.



Autor / Fonte: Waldir Costa / Rondônia Dinâmica


Sobre o autor

RD POLITICA ( WC e redação)