O QUE DA NOTICIA (AOR OLIVEIRA)


VEREADOR RAFAEL É O FERA NÃO ACEITA SER CRITICADO PELO POVO

personO QUE DA NOTICIA (AOR OLIVEIRA) date_range04 Jan 2020 - 05h59 location_onARIQUEMES

Tudo é questão de ponto de vista. Nos últimos dias foi postado nas redes sociais uma crítica direcionada ao vereador que se intitula fiscal do povo – Rafael é o Fera. E não é que virou uma fera de verdade; a simetria da democracia e aí se inclui as pessoas públicas, principalmente se ele ocupa um cargo eletivo como é o caso do vereador Rafael. A imprensa e os internautas não precisam serem enaltecidos em seus trabalhos, a filosofia adotada pelos internautas é critica aqueles que eles acham que devam serem criticados. E tem mais o parlamento se for necessário também pode ser criticado, pois a critica colabora.  



Mas não é  esta a visão do vereador Rafael é o Fera para ele funciona só um lado, somente o Vereador pode criticar as ações do Gestor público de todas as formas e maneiras; na verdade Rafael é que tem uma visão deturpada sobre a imprensa e os internautas, vivemos em democracia e a liberdade de expressão é garantida por Lei. Rafael, que não aceita de forma alguma ser questionado ou lembrado pela imprensa e internautas em seus grupos de Zap mesmo que o assunto abordado não seja de grande relevância.



Foi assim que agiu o vereador que, teoricamente, vive numa encruzilhada com a mídia ariquemenses e isso ele sabe muito bem; falando de um jornalista que apenas postou na rede social uma versão antológica do post que havia sido feito na forma de prestar conta de seu trabalho, a infelicidade de sua assessoria ao fazer o bane não atentou para as críticas.



Só para o leitor entender: o vereador permanentemente vive criticando muitas das vezes o incriticado  tem sempre um assunto diferente para critica porem não apresenta o caminho para a solução do problema, na verdade esse vereador não é amigo da cidade de Ariquemes, não respeita a seus eleitores, pois passa uma versão dúbia sem que tenha consubstanciamento do que está falando ou postando nas redes sociais os vídeos que já estão fora de propósitos e também não mais é aceito com euforia pela população; o que passou a ser “um tapa na cara do povo”.



O que reproduzido nas redes sociais não seria um assunto de tamanha relevância para um parlamentar levar a beira do ridículo e com tom ameaçador a quem postou e a quem compartilhava. O fato é que Fera e seus asseclas é acostumado a tirar satisfações com jornalistas e internautas isso não é de hoje.



E por que falamos que o vereador está na encruzilhada, é porque gosta de “dar de frente” com a imprensa e na Secretaria de Saúde, Educação, Obras não obtém espaço pela sua estupidez política, sabe que não tem vez, por isso agora quer se impor como vereador, bloqueando a todos. Até mesmos para os embeiceis a pauta política tem limite, e nesse nefasto episódio o vereador se desgarra do pilar do poder que lhe foi concedido pelo povo para se embrenhar numa viagem insólita ao naufrágio político.     



Cometeu um erro, senhor vereador! entre muitos que ocupa sua pequena folha corrida como parlamentar. Mais de nada adianta para introduzir sapiência a quem se aglutina com orelhudos vindo do Nordeste. Mas, pelo que estamos vendo, não teria convencido o parlamentar de que a Câmara não é lugar de fazer questionamentos sobre publicações em rede social.



 


Sobre o autor

O QUE DA NOTICIA (AOR OLIVEIRA)