RD POLITICA ( WC e redação)


Verdão e Mengão fora da Copa do Brasil, políticos marcam presença nos órgãos de comunicação do interior, Amorim candidato a prefeito em 2020

personRD POLITICA ( WC e redação) date_range18 Jul 2019 - 17h07

Futebol – Na coluna pouco ou quase nada se fala sobre futebol, ainda, mais quando se trata da desclassificação de dois times do porte de Palmeiras e Flamengo, como ocorreu na quarta-feira (17) não há como não dar uns pitacos. De futebol e mulher brasileiro entende um pouco. Há que se reconhecer que Internacional e Athletico são dirigidos pelos jovens treinadores Odair Hellmann e Tiago Nunes, respectivamente, e praticam um futebol moderno, agressivo, rápido e objetivo. Grêmio, que venceu o Bahia e Cruzeiro, que eliminou o tradicional rival, o Atlético Mineiro são os outros dois semifinalistas da Copa do Brasil. Dois gaúchos (a dupla Grenal) um mineiro (Cruzeiro) e o Athletico Paranaense. Paulistas e cariocas ficaram de fora da Copa do Brasil.



 



Deputados – O período é de recesso parlamentar com Congresso, Assembleias Legislativas e Câmaras Municipais retomando os trabalhos somente no próximo mês de agosto, mas os deputados, principalmente, estão tralhando forte pelo interior do Estado. O advogado e presidente da Associação de Defesa dos Direitos da Cidadania (ADDC), que protocolou documento pedindo mudanças nos artigos 29 e 29A da Constituição para que, a partir das eleições de 2024 municípios com até 100 mil habitantes reduzam o número de vereadores em 50%, percorre há dias municípios do interior divulgando sua proposta nos órgãos de comunicação. Caetano disse que diariamente tem encontrado deputados nas emissoras de rádios, sites de notícias, jornais, TVs prestando contas dos trabalhos realizados na Assembleia Legislativa (Ale), antes do recesso.



Vereadores – A proposta do advogado Caetano Neto, que está sempre atento aos pormenores da política e cobra com constância os governantes, disse que está otimista que sua indicação seja aprovada no Congresso Nacional. “É preciso coerência e responsabilidade. O cargo de vereador não é uma profissão. É uma pessoa eleita pela maioria da população, para discutir e votar leis, fiscalizar os atos do executivo dentre outras prerrogativas. É um aliado do povo que na luta para que os municípios sejam viáveis e ofereçam condições de trabalho a todos e não para cabide de emprego”, argumenta  o combativo Caetano.  



Prefeito – Um dos políticos mais experientes de Rondônia, Ernandes Amorim, que já foi prefeito e vereador em Ariquemes, senador, deputado federal e deputado estadual estaria disposto a retomar sua carreira política. Amorim só não conseguiu ser governador, mas estaria disposto a candidatar-se a prefeito em um município de garimpo no Mato Grosso. Também há comentários que não seria no Mato Grosso, mas no Pará, em município onde se explora garimpo, que é sua especialidade. É o “Cabeção” exportando “know how” político. Ainda no currículo de Amorim consta a carreira política dos filhos: Ernan (ex-prefeito de Cujubim), Daniela (ex-prefeita de Ariquemes e ex-deputada estadual) e Elma atual prefeita de Alto Paraíso. Amorim não é fraco, não...



Queimadas – O fogo criminoso que polui todos os anos os Céus de Rondônia no período de verão amazônico (seca) foi oportunamente debatido esta semana no Ministério Público (MP) estadual. O procurador geral de Justiça do Estado, Aluildo de Oliveira Leite comandou reunião com promotores da área do meio ambiente e de urbanismo; representantes do Tribunal de Contas (TC) do Estado, Procuradoria Geral do MP, da Associação dos Municípios de Rondônia (Arom), Sedam e de outras secretarias. Cobranças foram feitas da necessidade de o aprimoramento no sistema de controle de queimadas/derrubadas, que na verdade existe, mas não funciona, visando o equilíbrio ambiental. Foi cobrado um plano estratégico das instituições que controlam –ou deveriam– o meio ambiente nas cidades e na área rural. Hoje a situação é crítica e as queimadas criminosas prevalecem no Estado. Uma lástima.



Respigo



Estamos em período de férias escolares, de recesso parlamentar (Assembleia Legislativa e Câmara Municipal) neste mês de julho e Porto Velho está vazia. O trânsito maluco da capital com inúmeros engarrafamentos nos períodos de pico (manhã, horário de almoço e à tarde) causa surpresa ao condutor, porque ele consegue transitar, até com certa tranquilidade pelas ruas e avenidas da cidade +++ Mesmo assim a fiscalização inexiste e favorece os malucos de motos, que “furam” semáforos e transitam em alta velocidade. Uma ação eficiente no trânsito certamente reduziria o número elevados de acidentes, a maioria envolvendo motocicletas e inibiria os motoristas apressadinhos, geralmente irresponsáveis +++ O presidente da Ale, deputado Laerte Gomes (PSDB/Ji-Paraná) vem batendo recordes no pagamento dos servidores da Casa de Leis, sejam efetivos ou comissionados. Hoje (18), mesmo com a Ale de recesso parlamentar os servidores tiveram o salário deste mês de agosto depositado no banco +++ Chefe de poder público quitar os compromissos em dia não é nada mais que obrigação. Já antecipar o pagamento é mérito a quem administra e executa os trabalhos burocráticos.



 

Sobre o autor

RD POLITICA ( WC e redação)