O ESPECTADOR - POR VINICIUS CANOVA


Vilhena passou pelo purgo político ao eleger Japonês; jornalista apanha e nós ficamos calados – e o jogo de oscilação da gasolina

personO ESPECTADOR - POR VINICIUS CANOVA date_range05 Jun 2018 - 08h22

Expiação



Vilhena passou por uma espécie de purgo político ao eleger Eduardo Japonês, do PV, como novo prefeito da cidade em vez de colocar, mais uma vez, Rosani Donadon (MDB) no comando.



Cansaço



A realidade é que o cidadão cansou de correr riscos desnecessários e compreendeu: eleger um candidato em condições irregulares causa transtornos, gastos exponenciais e, pior ainda, ajuda a convalidar eleições travadas de maneira antidemocráticas.



Mas



É claro que novos e cansativos embates jurídicos seriam travados se, de novo, Rosani fosse eleita com registro de candidatura indeferido. Ainda assim, recebeu 15.933 votos, todos nulos, mas não menos significativos. Denota-se que, embora enfraquecidos, os feudos políticos em suas robustas raizes genealógicas mantêm respaldo suficiente para orbitar o poder por muito tempo ainda.



O silêncio da imprensa



A agressão covarde desencadeada por caminhoneiros contra a jornalista Raquel Gonçalves Jacob, da TV Allamanda de Vilhena, não pode ficar impune. “E se eu fosse homem? Será que esses hematomas estariam aqui? Me agrediram porque sou mãe, mulher, e estava apenas fazendo o que faço todos os dias: trabalhando pra ajudar a mudar o Brasil”. Sim, ela tem razão. Pior são brados pingados que, de tão dispersos, formam um ruidoso silêncio coletivo.



Temer e o jogo de oscilação da gasolina



Após duas altas seguidas hoje, finalmente, a Petrobras anunciou redução de 0,68% no preço da gasolina nas refinarias. O valor do diesel continua congelado, no entanto.  Para assessores do presidente Temer (MDB), o reajuste diário ficou "insustentável" num ambiente de turbulências no mercado financeiro por causa da instabilidade nos cenários externo e interno.





OAB/RO e coletivo contra abuso na São Lucas



O caso relatado por esta coluna sobre abusos sexuais contra uma acadêmica de 17 anos na São Lucas, em Porto Velho, ganhou desdobramentos com apoio institucional da OAB/RO, por meio da Comissão da Mulher Advogada (CMA), e também através do protesto realizado pelo Coletivo Feminino Filhas do Boto Nunca Mais. “[...] a CMA/RO reitera o seu repúdio ao ato praticado contra a menor acadêmica e se coloca à disposição para prestar todo o apoio jurídico necessário à vítima”, diz a nota assinada Aline Silva Corrêa, presidente da comissão.



Pistolagem no Fantástico



Imperdível a reportágem sobre Rondônia veiculada pelo Fantástico do último domingo (03). No ápice da narrativa, um pistoleiro tenta renegociar seus serviços com a própria vítima, lhe dando a “oportunidade” de virar o jogo. É coisa de louco! Vale a pena assistir.CLIQUE AQUI.



Contato



Estamos à disposição através do e-mail viniciuscanova89@gmail.com. Lembre-se: “O Espectador” é veiculada originalmente no Rondônia Dinâmica, mas a reprodução está autorizada desde que citada a fonte.



Autor / Fonte: Vinicius Canova / O Espectador


Sobre o autor

O ESPECTADOR - POR VINICIUS CANOVA

JORNALISTA COLABORADOR DO WWW.QUENOTICIAS.COM.BR