QUENOTICIAS E REGIÕES

Alex Redano promove reunião em Alto Paraíso e trata do problema da ponte do rio Jamari e RO-459

O povo pede socorro e o governo precisa atender da forma mais célere possível


bookmark_borderALTO PARAÍSO date_range08 Abr 2019 - 17h31 personDECOM - Elaine Maia

O deputado estadual Alex Redano (PRB), promoveu uma ampla reunião em Alto Paraíso, no fim de semana, com a presença do Diretor Geral do Departamento de Estradas de Rodagens (DER), Erasmo Meireles e Sá, o diretor adjunto Diego Euler e da prefeita Helma Amorim, em busca de uma solução definitiva para os problemas que assolam a o Município, no que diz respeito a ligação do município com a BR-364. Além disso, Redano tratou sobre a situação dos travessões B-20 e B-40.



De acordo com o deputado, foi necessário o convite e de suma importância a presença do diretor do DER para que falasse diretamente a população sobre o inicio de obras e recuperação de pontes. O Cel. Meireles deu a garantia de que todas as reivindicações colocadas serão atendidas. Disse que o Poder Executivo está buscando todos os meios possíveis, para que a população tenha seu direito de ir e vir garantido, como prevê a Lei.



Atendendo a um pedido do deputado Alex Redano, o Coronel Meireles afirmou que a população não irá pagar pela travessia na balsa, já que a ponte caiu, “Essa informação não deixa de ser uma boa notícia para os moradores e usuários. Já sobre a ponte o Coronel disse que o governo trabalhará na maior brevidade possível, para que uma nova ponte, e essa de mão dupla, seja construída”, informou.



Cobrado pelo deputado sobre a recuperação da RO-459, Meireles, disse que logo terá início o processo de recuperação da rodovia, bem como o encascalhamento dos travessões B-20 e B-40.



Ao finalizar o discurso, durante o encontro, Alex Redano informou que recebe diariamente reclamação de moradores e da população em geral, sobre o drama de transitar pelas rodovias do estado. “Temos um período chuvoso que complica ainda mais a situação das estradas, mas a precariedade tem causado acidentes, alguns fatais, desconforto e muita demora nos trajetos, o povo pede socorro e o governo precisa atender da forma mais célere possível”, cobrou.