Religião

Alma e espírito


bookmark_borderRELIGIÃO E FÉ date_range18 Dez 2019 - 06h03 personSALVATORE D'ONOFRIO

 Transcrevo o trecho final do artigo de Luiz Felipe Pondé  "A revolução cultural cristã " (Folha, 16-12): "se a adesão a elas (religiões) revela uma certa pobreza de espírito, o desprezo para com elas releva uma certa pobreza de alma. Desdenhar das religiões é um atestado de fraqueza intelectual". E aqui vai minha pergunta: como diferenciar o espírito da alma, se os dois termos são sinônimos, ambos ligados à atividade cerebral, evoluindo do nascimento à morte, possibilitando pensar, sentir, amar? A meu ver, fraqueza intelectual é acreditar na imortalidade da alma ou espírito. A religião, como a arte, existe no mundo da fantasia, com a função de autoajuda, tentando aliviar os sofrimentos da realidade cotidiana pela crença na existência de um mundo sobrenatural.



--

Salvatore D' Onofrio

Dr. pela USP e Professor Titular pela UNESP

Autor do Dicionário de Cultura Básica (Publit)

Literatura Ocidental e Forma e Sentido do Texto Literário (Ática)

Pensar é preciso e Pesquisando (Editorama)

www.salvatoredonofrio.com.br

http://pt.wikisource.org/wiki/Autor:Salvatore_D%E2%80%99_Onofrio


RG 3019752 Rua Siqueira Campos 3445, São José do Rio Prto SP Fone (17) 32341054