Esporte

Antes orgulho, zaga do Fla vira problema, e Barbieri revela conversa sobre assunto


bookmark_borderQUENOTICIAS ESPORTES date_range09 Ago 2018 - 09h37 personEXTRA.GLOBO.COM

Com os resultados ruins, até o que já foi motivo de orgulho passa a ser questionado. Trunfo do Flamengo antes da parada para o Mundial da Rússia, a solidez defensiva parece ter ficado para trás. Se, até o recesso, o time havia sofrido oito gols em 18 jogos sob o comando de Barbieri, no pós-Copa a meta rubro-negra já foi atingida oito vezes em apenas sete partidas.



 



O próprio Barbieri reconheceu o problema. Ele ainda admitiu que esta fragilidade foi assunto de uma conversa com os jogadores após a derrota para o Grêmio, no último sábado, por 2 a 0.



- É um ponto que a gente já tinha discutido anteriormente, de forma interna, principalmente depois do jogo contra o Grêmio. Falamos que precisávamos recuperar a solidez defensiva. Está faltando atenção em alguns momentos, precisamos corrigir - disse o técnico, que ainda destaca a estratégia utilizada pelos oponentes do Rubro-negro.



- Tem ainda a postura dos adversários, que têm dado a bola para o Flamengo e jogado nos nossos erros. Não estou desmerecendo a proposta deles. Mas, quando joga nos erros dos rivais, você tem uma organização mais simples. Mas o grande ponto é que temos errado mais, excessivamente, e pago um preço caro por isso.



O técnico terá pouco tempo para corrigir este problema. No domingo, às 16h, o time já volta ao Maracanã. O adversário será mais uma vez o Cruzeiro. A partida agora é válida pelo Brasileiro.