Política

Bolsonaro já acumula 39 pedidos de impeachment


bookmark_borderBRASIL POLITICA date_range22 Mai 2020 - 10h10 personPORTAL GGN

Jornal GGN – Até a quinta-feira, 21 de maio, foram apresentados 39 pedidos de impeachment contra Jair Bolsonaro. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), deve deliberar sobre 35 deles, porque 3 já foram inabilitados e 1, arquivado.



Somente na semana de 20 de março foram 7 pedidos de impeachment, todos porque Bolsonaro incentivou e participou do protesto antidemocrático do dia 15 de março, que pediu fechamento da Suprema Corte e do Congresso, em plena pandemia de coronavírus.



O PEDIDO 39



 



último pedido foi protocolado no dia 21 de maio por sete partidos de oposição (PT, PCdoB, PSOL, PCB, PCO, PSTU e UP) e mais de 400 entidades da sociedade civil e juristas (cerca de 50). “Os outros pedidos não tinham uma lista de adesão tão extensa” de apoiadores, diz a assessoria da Câmara.



O crime de responsabilidade apontado no pedido se dá por três acusações: (1) apoio a manifestações antidemocráticas; (2) interferência na Polícia Federal para benefício próprio; (3) atuação contrária às diretrizes sanitárias de combate ao novo coronavírus.