Internacional

Bolsonaro tenta validar o ódio como prática legítima, diz editorial de jornal chileno


bookmark_borderPOLITICA INTERNACIONAL date_range09 Set 2019 - 07h24 personDCM

Do Blog de Daniel Buarque no UOL:



As agressões do presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, à ex-presidente do Chile Michelle Bachelet são uma demonstração de uma tentativa de legitimar o uso do ódio na política, diz um editorial publicado pelo jornal chileno La Tercera após a polêmica da semana passada.



Segundo a publicação, Bolsonaro usou ataques pessoais contra a alta comissária da ONU para direitos humanos, o que gerou repúdio generalizado no Chile.



Os ataques, continua o jornal, procuram “validar o ódio como uma prática legítima, o que obviamente constitui um precedente muito negativo”.



“O governo brasileiro tem todo o direito de discordar –mesmo vigorosamente– em relação às conclusões de um relatório da ONU, mas para isso deve usar os canais institucionais e diplomáticos do caso, que é a maneira pela qual se espera que atuem as autoridades, evitando desqualificações dessa natureza”, diz o editorial.