QUENOTICIAS E REGIÕES

CHANTAGEM: VEREADORES DE CUJUBIM SE RECUSAM A VOTAR DECRETO DE EMERGÊNCIA ENQUANTO PREFEITO NÃO DEMITIR ASSESSORA DE IMPRENSA


bookmark_borderCUJUBIM POLITICA date_range24 Mar 2020 - 10h44 personRONDONIATOP

Prefeito Pedro Fernandes (PDT) alega que foi obrigado a demitir a assessora de imprensa do Município por estar denunciando as mazelas do poder legislativo. A justificativa do prefeito ao exonerar a Jornalista é de que os projetos do executivo na casa de Leis estão paralisados a três sessões enquanto os vereadores exigem o desligamento da Jornalista que também é assessora de imprensa da Prefeitura de Cujubim. “ou exonera ela ou nós não votamos mais nada” teria sido a resposta ao Prefeito que acaba de enviar para votação em caráter de emergência o DECRETO DE CALAMIDADE por conta da pandemia do CORONAVIRUS.

A chantagem da câmara de vereadores se refere a um vídeo que circula no canal do YOUTUBE do canal 18 em que o advogado Marcos Faccin faz duras críticas e denuncias a câmara do Município por várias irregularidades, isto apesar dos políticos serem denunciados diariamente por uma rádio local, no entanto a única preocupação dos mesmos é com o tal vídeo no Youtube que já alcançou enorme repercussão nas redes sociais, e com medo das próximas eleições que se aproximam os parlamentares mirins temem não ser reeleitos.

No entanto, a jornalista Neide Alberto afirmou que as denuncias contra as irregularidades no Município não vão parar por conta desta chantagem e que continuará a denunciar a situação de calamidade pública do Município de Cujubim.



assista ao video em questão no link: