Geral

Coincidência?


bookmark_borderBRASIL CORRUPÇÃO date_range10 Jul 2018 - 07h26 personSALVATORE D'ONOFRIO

 No artigo "2 + 2 = 22" (Veja, 11/7) J.R. Guzzo releva nossa incompreensível tolerância com os absurdos que assolam nosso País. O caso mais recente é da iminência do ministro Dias Toffoli assumir  a presidência do Supremo Tribunal Federal. O cidadão, mesmo reprovado duas vezes em concursos para juiz de direito, filiado ao PT e nomeado Ministro por Lula, está sendo elevado ao  cargo mais alto da Justiça que deve presidir uma Nação com mais de 200 milhões de habitantes. Isso é ilógico, imoral e extremamente danoso à sociedade. A meu ver, não apenas por coincidência a expectativa de Dias Toffoli assumir a presidência tenha acirrado a guerrilha de decisões no Judiciário sobre a permanência de Lula na prisão. O juiz federal Rogério Favreto, filiado ao PT por quase 20 anos, logo que assumiu o plantão do TRF-4, determinou monocraticamente a soltura do ex presidente, contrariando o entendimento do juiz Sergio Moro e de colegas que julgaram casos da Lava-Jato. Seu superior,  o presidente do TRF-4, logo cancelou a liminar e Lula continua preso, mas a briga pela competência entre juizes continua feia. Não apenas no âmbito da justiça, mas em qualquer atividade pública, especialmente na política, deveríamos exigir competência e imparcialidade, a não ser que soframos de insanidade mental, achando que 2+2 = 22!



 



-- 

Salvatore D' Onofrio 

Dr. pela USP e Professor Titular pela UNESP 

Autor do Dicionário de Cultura Básica (Publit)

Literatura Ocidental e Forma e Sentido do Texto Literário (Ática)

Pensar é preciso e Pesquisando (Editorama)

www.salvatoredonofrio.com.br

http://pt.wikisource.org/wiki/Autor:Salvatore_D%E2%80%99_Onofrio

RG: 3019752 - Rua Siqueira Campos, 3445 - São José do Rio Preto (SP) Fone (17)3234-1054