MUNDO ANIMAL

Criação de hospital público veterinário é aprovado por vereadores

Os donos que não forem considerados de “baixa renda” pagarão valores abaixo da tabela


bookmark_borderMUNDO ANIMAL date_range09 Ago 2018 - 11h46 personINGRID REIS

Foi aprovado nesta quarta-feira (08/08), em segunda votação na Câmara Municipal, um projeto de lei que prevê a criação de uma Unidade Ambiental de Saúde e Bem Estar Animal em Goiânia. O autor da matéria, vereador Zander Fábio (Patriota), afirma que a verba destinada para a criação do hospital público veterinário não sairá da secretaria de Saúde, mas da Agência Municipal de Meio Ambiente (AMMA).



A unidade vai atender animais domésticos, nativos ou exóticos de todos os tamanhos, que estiverem abandonados ou pertencerem a tutores sem condições financeiras para pagar tratamentos ou ações preventivas, além de animais que forem encaminhados por órgãos públicos ONGs ou protetores.



Os donos que não forem considerados de “baixa renda”, pagarão valores abaixo da tabela oficial das clínicas particulares. Estes valores serão revertidos ao Fundo Ambiental de Proteção e Bem-Estar Animal.



Serviços



O hospital deverá oferecer atendimento hospitalar (clínico, cirúrgico, reparatório e de internação), atendimento emergencial, atendimento de resgate para vítimas de acidentes, exames laboratoriais e de imagem, vacinação, castração, fisioterapia, atendimento farmacológico e adestramento, para evitar condutas agressivas.



Farmácia Popular



Este não é a primeira matéria que tem sido votada com o objetivo de levar qualidade de saúde para animais abandonado e pets de tutores de baixa renda.  Um outro projeto de lei que trâmita na Assembleia Legislativa de Goiás pretende criar uma farmácia popular para animais domésticos. O objetivo da medida é evitar que os pets de famílias carentes morram por falta dos remédios necessários. O autor da proposta, o deputado Bruno Peixoto (MDB), afirma que este cuidado é também uma questão de saúde pública.