Política

Decisões desta semana, no STF, podem desencadear Intervenção Militar


bookmark_borderBRASIL CORRUPÇÃO date_range12 Out 2017 - 10h05 personVia: paotv.com.br

Hoje, terça, na Primeira Turma do STF, serão julgados embargos apresentados pelo deputado Paulo Maluf (PP-SP) contra sua condenação a sete anos, nove meses e dez dias de prisão, em regime inicialmente fechado, pelo crime de lavagem de dinheiro.

Na Segunda Turma, está na pauta o julgamento da denúncia contra o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) por corrupção na Transpetro, empresa subsidiária da Petrobras. Sérgio Machado, ex-presidente da Transpetro, afirmou em delação ter repassado R$ 32 milhões em propina para Renan. 

Também está na pauta da Segunda Turma do STF pedido de habeas corpus aos empresários Eike Batista, Jacob Barata Filho e de Lélis Teixeira – ex-presidente da Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro (Fetranspor).



Amanhã, quarta (11), o Supremo julgará o afastamento do Senador Aécio Neves de seu mandato.



Dependendo de como o Supremo decidir sobre estes casos, o Exército pode intervir, se considerarmos o que disse o General Mourão durante palestra em Brasília.



Relembrando o que disse o eminente patriota:



“Até chegar o momento em que ou as instituições solucionam o problema político, pela ação do Judiciário, retirando da vida pública esses elementos envolvidos em todos os ilícitos, ou então nós teremos que impor isso.”

A conferir.