Política

Deputado príncipe bolsonarista sugere que Luciano Bivar se afaste da presidência do PSL


bookmark_borderBRASIL POLÍTICA date_range11 Jun 2019 - 06h49 personDCM

A Coluna Painel de Daniela Lima na Folha de S.Paulo informa que, conduzido à presidência do PSL de São Paulo sob protesto de uma ala da sigla, Eduardo Bolsonaro disse a aliados que deixaria a legenda caso fosse obrigado a fazer uma composição com seus adversários internos.



De acordo com a publicação, o dirigente nacional da legenda, Luciano Bivar (PSL-PE), que trabalhava por um acordo, achou melhor não melindrá-lo.



O deputado Luiz Philippe de Orleans e Bragança (SP) sugeriu que Bivar, alvo de suspeitas do uso de laranjas na campanha de 2018, se afastasse da presidência do PSL. O pernambucano ouviu o conselho, mas declinou. A cúpula do partido diz que ele ainda tem apoio da maioria da bancada, completa a Folha.