Internacional

Filho de ditador da Guiné Equatorial, flagrado com 70 milhões, procura advogado ligado à Lava-Jato


bookmark_borderPOLITICA INTERNACIONAL date_range04 Dez 2018 - 11h05 personCESAR WEIS

Representantes de Teodoro Obiang Mangue, filho e sucessor do ditador da Guiné Equatorial, o mais antigo da África, desembarcam nesta nesta terça-feira (4) em São Paulo para se reunir com Edgard Hermelino Leite Junior, advogado da Andrade Gutierrez e irmão de Eduardo Leite, ex-vice-presidente da Camargo Correa.



Cerca de 1,5 milhão de dólares e 60 mil reais em dinheiro, além de 20 relógios, avaliados em 15 milhões de dólares, foram apreendidos no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas. O dinheiro e os relógios estavam com integrantes da comitiva de Obiang, que alegou ter vindo ao país para um tratamento médico. Os bens, no entanto, não foram declarados. Na época, chegou a circular a suspeita que o dinheiro poderia estar vindo para financiar campanha política. Durante os governos do PT foram realizados grandes negócios com a Guiné Equatorial, financiados pelo BNDES.