Internacional

LAVAGEM CEREBRAL: EX-AGENTE DA KGB MOSTRA COMO O COMUNISMO É IMPLANTADO NOS PAÍSES

Yuri Bezmenov vivia sob constante medo […] mesmo desfrutando de um excelente padrão de vida, ele decidiu escancarar o jogo


bookmark_borderPOLITICA INTERNACIONAL date_range11 Out 2018 - 09h45 personDIÁRIO DO BRASIL

O Russo, que fez parte da elite da KGB (em russo de Komitet Gosudarstvennoi Bezopasnosti cujo significado em português é Comité de Segurança do Estado), mostra como se destrói totalmente os valores de uma nação através da subversão dos valores, das famílias, das instituições e até mesmo dos intelectuais de um país.



Na entrevista abaixo, Bezmenov cita o enraizamento da doutrina esquerdista radical nos EUA, mas os fatos podem se aplicar perfeitamente ao Brasil.







Algumas frases dele são:



“Todos esses professores e esses lindos defensores dos direitos humanos são instrumentos no processo apenas para desestabilizar uma nação¨



“Subversão ideológica é o processo legítimo, público e aberto em que medidas ativas (também chamada de guerra psicológica) são tomadas para alterar a percepção da realidade de todo cidadão a tal grau que ninguém possa chegar a conclusões razoáveis para defender seus interesses, sua família e sua pátria”



“É um extenso processo de lavagem cerebral, que ocorre lentamente em 4 estágios: um deles é a DESMORALIZAÇÃO (corromper a moral) – algo que demora de 15 a 20 anos (*** vide governos PSDB/PT nos últimos 20 anos ***).



Esse é o tempo necessário para que se possa educar uma geração de estudantes para que eles possam inserir suas ideologias nas próximas 3 gerações.