Religião

Malafaia ignora coronavírus, abre igrejas e expõe fiéis à doença

“O que me choca é que essa neura louca com isso aí, quem mais sofre são os pobres", diz ele


bookmark_borderRELIGIÃO E FÉ date_range15 Mar 2020 - 08h10 personBRASIL 247

Da revista Fórum – O pastor Silas Malafaia publicou em suas redes sociais neste sábado (14) um vídeo criticando as recomendações de órgãos como Ministério da Saúde e Organização Mundial da Saúde (OMS) contra aglomerações de pessoas durante o avanço do coronavírus. No vídeo, o pastor encoraja as pessoas a irem à igreja e diz que algumas medidas de prevenção são extremas.



“A nossa igreja aqui vai ficar de portas abertas. Se amanhã, os governos disserem que vai [sic] impedir transporte público, fechar mercados, fechar todas as lojas. A igreja tem que ser o último reduto de esperança para o povo. Eu vou estar aqui, como pastor”, disse.



“Vamos ser racionais. Essa conta não vai cair em cima da gente. Isso é medida ‘hiper extremada'”, criticou o pastor. “O que me choca é que essa neura louca com isso aí, quem mais sofre são os pobres”.