Economia

Há 7 dias, retração prevista era 5,11% Expectativa para inflação é de 1,99% Informações saíram no Boletim Focus


bookmark_borderBRASIL ECONOMIA date_range21 Set 2020 - 08h37 personPODER 360

A previsão do mercado financeiro para a queda do PIB (Produto Interno Bruto) este ano foi ajustada de 5,11% para 5,05 %. O PIB é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país.



A estimativa está no boletim Focus (íntegra – 362 KB) desta 2ª feira (21.set.2020), publicação divulgada todas as semanas pelo BC (Banco Central), com a projeção para os principais indicadores econômicos. As previsões do boletim Focus são feitas por operadores do mercado financeiro, não pelo BC.



Em relação à previsão de 4 semanas atrás (queda de 5,46%), o ajuste é de 0,41 ponto percentual. É a 2ª semana seguida em que há estimativa de melhora no PIB.



 



 



 










 



 



 



 
















Para 2021, a expectativa crescimento segue em 3,50%, a mesma previsão há 17 semanas consecutivas. Em 2022 e 2023, o mercado financeiro continua a projetar expansão de 2,50% do PIB, em cada ano.



INFLAÇÃO



O mercado financeiro aumentou a projeção de inflação para 2020. Instituições financeiras consultadas pelo Banco Central (BC) alteraram a projeção para o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) em 2020 de 1,94% para 1,99%. Trata-se da 3ª semana consecutiva com previsão de aumento da inflação.




DÓLAR



A previsão para a cotação do dólar permanece em R$ 5,25, ao final deste ano. É a 3ª semana seguida em que a previsão se mantém. Para o fim de 2021, a expectativa é que a moeda americana fique em R$ 5. Já para 2022 e 2023, a estimativa é de R$ 4,90.



TAXA DE JUROS



A Selic deve fechar 2020 em 2% ao ano, de acordo com o boletim. Nas últimas 12 semanas, a previsão se manteve igual.