Policial

Moro gravou conversas com Bolsonaro e vai entregá-las voluntariamente à PF


bookmark_borderCASOS DE POLICIA date_range02 Mai 2020 - 07h45 personDCM

Da Época:



Sergio Moro contará neste sábado à Polícia Federal os bastidores de 15 meses de desavenças que teve com Jair Bolsonaro em torno de diferentes temas relacionados ao combate à corrupção, em especial em relação à discordância de ambos sobre o comando da corporação.



Moro tem todo o histórico de seu WhatsApp gravado, antes e depois do ataque hacker de que foi vítima no ano passado, e nele áudios, conversas, links e imagens trocadas com o presidente. O ex-ministro já começou a organizar o acervo para entregar à PF voluntariamente.



Conforme mostrou Bela Megale, Moro será ouvido no fim da manhã deste sábado em Curitiba, provavelmente na Superintendência da PF em Curitiba, por dois delegados do Serviço de Inquéritos Especiais (Sinq), responsável por investigar pessoas com foro privilegiado — como Bolsonaro.