Internacional

Mundo volta a registrar recorde diário de mortes por Covid-19

Na semana passada, também houve recorde no número de infecções por coronavírus durante três dias seguidos; aumentos acontecem no contexto da segunda onda de contaminações nos EUA e na Europa


bookmark_borderINTERNACIONAL date_range18 Nov 2020 - 10h46 personJOVEM PAN

Nesta terça-feira, 17, o mundo registrou 11.115 mortes causadas pela Covid-19, segundo levantamento feito pela Universidade Johns Hopkins. O número supera o recorde de notificações do dia 4 de novembro, quando foram contabilizados 11.000 óbitos, e também é superior ao valor máximo registrado durante a primeira onda de coronavírus, que foi de 8.365 no dia 17 de abril. Dessa forma, desde o início da pandemia do coronavírus 1,3 milhão de pessoas morreram em todo o planeta por causa da doença, sendo que os cinco países com maior número de óbitos são os Estados Unidos (248 mil), o Brasil (166 mil), a Índia (130 mil), o México (99 mil) e o Reino Unido (52 mil).



 



Na semana passada, o mundo também bateu o recorde no número de casos de Covid-19 por três dias seguidos: foram 664 mil na quarta-feira, 646 mil na quinta-feira e 648 mil na sexta-feira. Nesta terça-feira, 17, o número baixou para 610 mil novas notificações em um único dia. Desde o início da pandemia, 55,6 milhões de pessoas ao redor do globo foram contaminadas pelo coronavírus. Nesse contexto, os países mais afetados são Estados Unidos (11,3 milhões), Índia (8,9 milhões), Brasil (5,9 milhões), França (2 milhões) e Rússia (1,9 milhão). O aumento acontece em meio a uma segunda onda de infecções nos Estados Unidos e na Europa, que estão levando muitos países a voltarem a adotar medidas de restrição.



*Com informações de agências internacionais