Política

Na ficção petista, Moro é Hitler


bookmark_borderBRASIL POLITICA date_range11 Jul 2018 - 11h48 personO ANTAGONISTA

O suplente de deputado Wadih Damous divulgou um vídeo com a nova versão petista da cena mais famosa do filme “A queda! Os últimos dias de Hitler”, frequentemente parodiada na internet.



Nela, Hitler é chamado de Moro e reclama da ordem de soltura do presidiário, como se tivesse medo de que ele voltasse a ser presidente da República.



“Eu fiz de tudo pra prender ele. Inventei que o triplex era dele só para ter um motivo.”



O “Moro” da fantasia petista diz também que não quer saber de democracia, nem dos direitos do povo.



“Tô cagando pro que o povo pensa. Eles não podem eleger Lula.”



Diz ainda que a Globo estava a seu lado e que agora o Bonner vai excluí-lo do “grupo do zap”.



Antes de decidir mandar “Thompson Flores” ligar para “Gebran Neto” para “derrubar a ordem judicial” de soltar Lula (que o filmete omite ter sido dada ilegalmente por um ex-filiado ao PT em plantão no TRF-4), o “Moro” da fantasia petista questiona:



“Como vou me explicar pro Antagonista?”



Como se Moro não fosse autoexplicativo para gente decente que sabe ler.