QUENOTICIAS E REGIÕES

RAIMUNDO CERQUEIRA OU RAIMUNDO DO PCDOB É CANDIDATO A CONSELHEIRO TUTELAR DE ARIQUEMES.


bookmark_borderARIQUEMES POLITICA date_range01 Ago 2019 - 19h02 personAOR OLIVEIRA

Candidatos a vagas de Conselheiros Tutelares do município ariquemense iniciaram suas campanhas por meio das redes sociais. As eleições ocorrem no dia 6 de outubro e os escolhidos para o cargo ficarão por quatro anos (2020 a 2024) realizando ações em defesa da criança e adolescente.  



Como determinado no Estatuto da Criança e Adolescente (ECA), o processo de escolha será fiscalizado pelo Ministério Público Estadual e serão escolhidos cinco candidatos mais votados, ficando os demais candidatos como suplentes, seguindo a ordem decrescente de votação.  



A eleição para o Conselho Tutelar será realizada no dia 06 de outubro de 2019 e poderá ter urnas eletrônicas. Na impossibilidade de cessão de urnas eletrônicas, a Comissão Especial Eleitoral poderá obter, junto à Justiça Eleitoral, o empréstimo de urnas comuns e o fornecimento das listas de eleitores a fim de que a votação seja feita manualmente.  



Segundo os editais, os candidatos que concorrem às vagas passaram por uma primeira etapa de seleção no primeiro semestre do ano em que fizeram uma prova escrita para determinar quem estava hábito a se candidatar enquanto conselheiro. Pode votar cidadãos que tenham títulos de eleitores regular, o voto não é obrigatório. 



Nesse ínterim um candidato a conselheiro tutelar tem um destaque especial trata-se do polêmico comentarista político assíduo frequentador das redes sociais em especial o Grupo Eleições 2020 Como Será, o Senhor Raimundo Cerqueira, mais conhecido como Raimundo do PCdoB, se este empregar seu conhecimento filosófico teórico em benefício da criança e do adolescente tenhamos certeza que desempenhara o papel com galhardia e muita sabedoria.



Raimundo dedicado estudioso e muito curioso quando o assunto é ser crítico esperamos que passando a ser telhado tenha capacidade de absolver as críticas quando estas forem feitas a sua pessoa.



Merece ser conduzido ao cargo de conselheiro tutelar, para pôr em prova seus conhecimentos de administração pública.