Entretenimento

RECORD ESCONDE ENTREVISTADOS PARA DRIBLAR CONCORRÊNCIA


bookmark_borderFAMOSOS CELEBRIDADES date_range16 Jun 2019 - 08h51 personPor Jose Cassio

Do portal Notícias da TV:



As coberturas do escândalo envolvendo Neymar Jr. e do assassinato do ator Rafael Miguel expuseram que vale quase tudo na luta por um furo de reportagem, até esconder um entrevistado e levá-lo para um local secreto. Foi o que fez a Record, por exemplo, com Isabela Tibcherani e Vanessa Tibcherani de Camargo, respectivamente namorada e sogra do ator de Chiquititas (2013), e com Najila Trindade, que acusa Neymar de violência sexual.



Na última quarta-feira (12), Luiz Bacci entrevistou Vanessa ao vivo no Cidade Alerta. A mulher de Paulo Cupertino Matias, acusado pela polícia de ter matado Rafael e seus pais, foi levada pela produção diretamente do aeroporto de Congonhas para a sede da Record na Barra Funda, em São Paulo.



Ela estava a cerca de cem metros de Bacci, em um pátio da Record. Poderia ter sido entrevistada no estúdio? Sim, mas isso entregaria para as emissoras concorrentes a sua localização, e elas poderiam dar plantão na frente da Record para esperá-la.



Mesmo tendo quatro entradas por ruas diferentes, a Record optou por não “dar mole” para Globo e SBT, suas maiores rivais, e orientou o operador de câmera a trabalhar com planos fechados, porque seu quintal já está manjado.



Isabela Tibcherani, por sua vez, foi “sequestrada” pela Record após o enterro do namorado, na última segunda-feira (10), e levada para um local secreto para falar ao vivo com Luiz Bacci. Já Najila Trindade deu uma entrevista para a Record em um escritório de advocacia que não era de nenhum de seus defensores.



(…)