Judiciário

STF afrouxa perante os políticos, vagabundos ainda continuaram com regalias


bookmark_borderBRASIL JURÍDICO date_range12 Out 2017 - 10h45 personCORREIO DIGITAL

STF afrouxa – Já tínhamos antecipado aqui que, o STF votaria algo surpreendente não dando arrego aos políticos investigados –



e muitos deles corruptos e ladrões





Não foi assim que aconteceu, o jeitinho bananeira brasileiro, o STF afrouxou as leis dos que são réus



ou investigados na Lava jato.





STF afrouxa perante os políticos, vagabundos ainda continuaram com regalias



Qual a esperança desse povo que luta todos os dias para manter as mordomias de uma trupe governamental



enquanto pessoas estão passando fome e morrendo em filas de hospitais.



Algumas das medidas cautelares que o Judiciário pode determinar são

afastamento do mandato;

recolhimento noturno domiciliar;

proibição de o parlamentar ter contato com determinadas pessoas;

impedir que ele deixe o país;

proibição de frequentar determinados lugares.



Mas, se tais medidas impossibilitarem o exercício regular do mandato, serão submetidas à decisão final do Legislativo.





STF afrouxa perante os políticos, vagabundos ainda continuaram com regalias



Por 6 votos a 5, os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) consideraram necessário o aval do Congresso para o afastamento



de deputados e senadores de seus mandatos por ordem da Corte.



A presidente da Corte, Cármen Lúcia, concordou que a suspensão do mandato deve ser submetida às Casas, mas seguiu



Fachin no ponto de que outras medidas, como o recolhimento noturno, não precisam de aval do Congresso.



A ação foi movida em maio de 2016 pelos partidos PP, PSC e Solidariedade, que consideram que a Câmara e o



Senado devem deliberar sobre as medidas cautelares. Na época, o Supremo havia acabado de suspender o exercício do c



argo pelo então presidente da Câmara, Eduardo Cunha



STF afrouxa perante os políticos, vagabundos ainda continuaram com regalias



Ou Seja, para que um político seja PUNIDO, ele terá que ser julgado por outro político



Muitas das vezes, esse político LADRÃO, poderá ser julgado por outro político LADRÃO



Isso se chama BRASIL !!!!