Política

Sentimento de Justiça


bookmark_borderBRASIL POLÍTICA date_range11 Jun 2019 - 13h09 personSALVATORE D'ONOFRIO

 Muito oportuno o editorial do Diário da Região (8/6) "Reforma sem exceções", condenando a proposta de parlamentares e governadores que almejam institucionalizar uma Previdência em separado para cada Estado e Município. Tal absurdo só se explica pelo costume de fazer média com o eleitorado local, tentando preservar benefícios e privilégios. Seria muito injusto que um funcionário público paulista se aposentasse com rendimentos maiores do que um nordestino, havendo igualdade de categoria profissional e mesmo tempo de serviço e contribuição. Nossa Constituição não reza que a lei é igual para todos? Infelizmente, a prática da injustiça é tão comum, que se torna imperceptível. E o exemplo vem de altas esferas, que fazem leis em prol de corporações, não para o bem de todos o cidadãos: magistrados com dois meses de férias, parlamentares com 14º salário, aposentado-se com apenas dois mandatos e outros inúmeros privilégios. Há quem acumula várias aposentadorias e gente pobre morrendo na miséria. Se não praticarmos a justiça social, continuaremos na ilusão de vivermos num Estado democrático!



-- 

Salvatore D' Onofrio 

Dr. pela USP e Professor Titular pela UNESP 

Autor do Dicionário de Cultura Básica (Publit)

Literatura Ocidental e Forma e Sentido do Texto Literário (Ática)

Pensar é preciso e Pesquisando (Editorama)

www.salvatoredonofrio.com.br

http://pt.wikisource.org/wiki/Autor:Salvatore_D%E2%80%99_Onofrio