AMOR E SEXO

Sexo e sono


bookmark_borderAMOR E SEXO date_range02 Jun 2018 - 07h24 personSALVATORE D'ONOFRIO

 O texto de  Mirian Goldberg "Eles também querem dormir um pouco mais" (Folha, 29/5) termina perguntando se o leitor gostaria de renunciar a minutos de sono para uma boa transa. Minha resposta é positiva, apesar da pesquisa da antropóloga ter levantados dados que afirmam muitos homens e mulheres estarem diminuindo a atividade sexual, devido à depressão e à angústia da vida moderna. A meu ver, acontece o contrário: é a abstinência sexual que cria o estresse existencial. Não podemos esquecer que os dois instintos fundamentais, do homem como do animal, são a conservação própria (pelo alimento) e da espécie (pela cópula). Já foi demonstrado que o prazer mais intenso que existe no mundo é a relação amorosa entre um homem e uma mulher. Por que, então, renunciar a isso? Como dizia o poeta gaiato, "chega de hipocrisia, sexo noite e dia".



-- 

Salvatore D' Onofrio 

Dr. pela USP e Professor Titular pela UNESP 

Autor do Dicionário de Cultura Básica (Publit)

Literatura Ocidental e Forma e Sentido do Texto Literário (Ática)

Pensar é preciso e Pesquisando (Editorama)

www.salvatoredonofrio.com.br

http://pt.wikisource.org/wiki/Autor:Salvatore_D%E2%80%99_Onofrio

 RG:3019752 Rua Siqueira Campo, 3445 SÃO José do Rio PRETO-SP    Fone 32341596