Internacional

Vacina de Oxford contra Covid mostra forte resposta imune em idosos, aponta estudo da fase 2

A segunda fase dos estudos mostra a segurança e resposta imune ao vírus; imunizante já está na fase 3


bookmark_borderINTERNACIONAL date_range19 Nov 2020 - 09h42 personJOVEM PAN

vacina da Universidade de Oxford, em parceria com a AstraZeneca, apresentou segurança e uma forte resposta imunológica em adultos na faixa de 60 e 70 anos. Foi o que mostrou um estudo sobre a fase 2 dos testes, baseado em 560 voluntários, publicado na revista The Lancet nesta quinta-feira (19). As empresas tentam fazer mais descobertas em relação ao desenvolvimento do vírus na fase 3, que deve tem resultados apresentados nas próximas semanas.



Até agora, três potenciais vacinas já relataram bons resultados quanto a eficácia: Sputnik, Moderna e Pfizer BioNTech — essa última já finalizou os estudos da última fase, apesar de ainda não ter publicado em nenhuma revista científica. Publicações sugerem que os imunizantes protegem 94% os adultos maiores de 65 anos — sendo melhor tolerada nas pessoas mais velhas do que nos mais jovens.



Um dos autores do estudo, Maheshi Ramasamy, esses resultados nos idosos é encorajador. A potencial vacina teve sua fase 2 de estudos realizada no Reino Unido. Foram 560 voluntários saudáveis: 160 com idade entre 18 e 55 anos; 160 entre 56 e 69 anos; e 240 acima de 70 anos. Quanto às reações adversas registradas, as mais comuns foram dor no local da injeção, fadiga, dor muscular, febre e dor de cabeça.