Alerta global: Megatempestade solar pode desativar a internet na Terra por meses

14 de novembro de 2023 65

Peter Becker, professor da Universidade George Mason nos Estados Unidos, advertiu sobre um possível “apocalipse da internet” em 2024, causado por uma poderosa tempestade solar que tem potencial para interferir significativamente com a tecnologia global. Esta tempestade, parte do Ciclo Solar 25, pode ser mais intensa e chegar mais cedo do que as previsões anteriores sugeriam.

Becker destacou que a internet amadureceu durante um período de calmaria solar e está prestes a enfrentar um ciclo de maior atividade solar. O Centro de Previsão do Clima Espacial da NOAA antecipa que uma supertempestade solar aconteça antes da data inicialmente prevista. Enquanto estudos anteriores apontavam para julho de 2025, Becker prevê que o auge da tempestade solar possa ocorrer já no próximo ano.

A ejeção de massa coronal resultante da atividade solar pode, em primeiro lugar, dirigir-se para outra parte do espaço. No entanto, se estiver em curso de colisão com a Terra, Becker afirma que haverá um aviso prévio de 18 a 24 horas antes de as partículas solares atingirem a Terra e perturbarem o campo magnético terrestre.

A tempestade solar poderia afetar não apenas a internet, mas também a rede elétrica, cabos de fibra ótica, sistemas de navegação como GPS, satélites e equipamentos de comunicação. Os danos resultantes podem ser tão extensos que os reparos poderiam levar meses para serem concluídos.

A comunidade científica, em conjunto com as agências espaciais, está atenta a essas previsões e trabalha em estratégias para mitigar os possíveis efeitos de tal evento. A preparação para uma supertempestade solar envolve o reforço das infraestruturas críticas e o desenvolvimento de sistemas de alerta rápidos e eficazes.

 

Fonte: Camila Diel