Cada um por si e Deus por todos, é o que se ouve entre os governistas

23 de junho de 2022 24

Suplicam por orientação os bolsonaristas país a fora e redes sociais a dentro sempre dispostos a defender o governo de qualquer acusação. O que devem dizer agora que Milton Ribeiro foi preso depois de atender ao pedido de Bolsonaro de conceder passe livre a dois pastores evangélicos para que gerissem verbas da Educação?

Bolsonaro falou que é impossível saber tudo o que acontece na gigantesca máquina do Estado. Só em cargos de confiança há mais de 20 mil pessoas. A desculpa lembra a que deu Lula no caso do mensalão do PT. Lula disse que é difícil para um pai de família saber tudo o que seus filhos andam fazendo.

O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), no comando da campanha do pai à reeleição, começou a testar um discurso de defesa que por ora se resume a dois pontos:

Enquanto Bolsonaro “trabalha para reduzir o preço do combustível e da comida, a oposição tenta usar eleitoralmente [a prisão de Ribeiro] e pôr Bolsonaro na mesma prateleira do Lula”.

Foi Bolsonaro que permitiu que a Polícia Federal promova uma investigação “isenta, independente, sem interferência” do caso. Daí porque o governo está “muito tranquilo”.

Flávio evita entrar em detalhes. Não explica, por exemplo, por que os pastores recomendados por Bolsonaro a Ribeiro estiveram 45 vezes no Palácio do Planalto e 100 com o então ministro da Educação. Nem porque o Gabinete de Segurança Institucional pensou em decretar sigilo sobre a agenda dos pastores no Planalto.

A verdade é que pai, filhos e aliados ainda não sabem direito o que fazer ou dizer porque simplesmente desconhecem o que a Polícia Federal apurou contra Ribeiro e os dois pastores. Estão pisando em terreno pantanoso que pode tragá-los. Avaliam, apenas, que o episódio foi bom para Lula e péssimo para Bolsonaro.

Como sustentar doravante que este é o governo mais honesto da história do país? Como acusar Lula e o PT de serem corruptos se poderão ouvir como resposta que além de incompetente, o governo Bolsonaro também é corrupto? Lula tem obras e programas sociais para chamar de seus; Bolsonaro não tem.

O silêncio dos bolsonaristas nas redes sociais foi igual ao silêncio que calou no Congresso e fora dele os políticos do Centrão que antes berravam a favor do governo. A base política que sustenta Bolsonaro está em polvorosa e perdeu a fé em sua vitória. Cada deputado, cada senador prepara-se para ir cuidar da própria vida.

Fonte: METRÓPOLES/RICARDO NOBLAT