Canabrava na política de Rondônia, 50% dos federais não devem voltar em 2019, Expedito Júnior governador?

24 de janeiro de 2018 417

Federal – Há quem aposte que quatro dos oito deputados federais não conseguirão a reeleição. E há nomes em condições de ocuparem as quatro vagas, caso as previsões se confirmem. A ex-senadora Fátima Cleide (PT), o ex-prefeito de Vilhena, Melki Donadon, do PDT são nomes em condições de integrarem o Congresso Nacional a partir de 2018. A irmã do governador Confúcio Moura, Cláudia, caso o irmão bote a mão na sua cabeça também tem muitas chances. E sempre aparece um nome novo.

Parceria – A prefeita de Cacoal, Glaucione Rodrigues (PMDB) dentro de 90 dias terá uma nova cidade no que se refere a restauração das vias públicas. A partir do dia 1º de fevereiro próximo, o governo do Estado, através do DER desenvolverá no município uma força-tarefa para recuperação das vias urbanas. As usinas de asfalto de Rolim de Moura e Ji-Paraná atenderão Cacoal na força-tarefa que será desenvolvida em 90 dias, segundo afirmou o governador Confúcio Moura (PMDB).

Canabrava – O personagem João Canabrava, que muito sucesso fez na Escolinha do Professor Raimundo (TV Globo), do inesquecível Chico Anísio, interpretado pelo humorista de primeira linhagem Tom Cavalcanti deverá muito em breve ocupar espaço na política de Rondônia. O jornalista Carlos Sperança, que assina coluna no “Diário da Amazônia”, tem como hábito apelidar os políticos, como Ernandes (Cabeção) Amorim, República de Rolim de Moura (Cassol, Raupp, Marinha, Expedito), Odacir (Raposão) Soares dentre vários outros. Agora vem aí o Canabrava. Aguarde...

Governo – Guardadas as devidas proporções, pois estamos em ano eleitoral e caminhando para uma eleição difícil ao governo do Estado e muito mais à presidência da República a busca por espaço político é grande. Até o início do próximo mês de abril, quando termina o prazo para filiação partidária e possibilidade de concorrer as eleições deste ano teremos muito diz que me diz que, mas é uma informação, de procedência e de última hora: o ex-senador Expedito Júnior, 1º secretário do diretório regional é pré-candidato a governador. Quem viver verá...

Governo II – Estão gastando sola de sapato em visitas na capital e no interior os pré-candidatos a governador Maurão de Carvalho (PMDB), presidente da Assembleia Legislativa (Ale); senador Acir Gurgacz (PDT), advogados Jaques Chediak (PCdoB) e Marcos Pereira (PT), e o empresário em navegação Pimenta de Rondônia (Psol). Expedito estava na cota de pré-candidatos ao Senado, mas agora a opção seria para governador, que sempre foi o sonho dele. Como dizia Magalhães Pinto: política é como nuvens...

Respigo

Bancos, comércio, repartições públicas não funcionam amanhã (24), aniversário de fundação de Porto Velho (103 anos). Também é dia da Padroeira do município, Nossa Senhora Auxiliadora +++ Certo que temos muita gente de férias, pois o mês de janeiro não terminou. Talvez em razão do feriado de amanhã o movimento pelas principais ruas de Porto Velho está bem abaixo do normal nesta terça-feira +++ O PDT que tem o senador Acir Gurgacz como pré-candidato a governador, ainda, não divulgou os nomes dos pré-candidatos ao Senado. Nas eleições de outubro próximo serão duas das três vagas que estarão na disputa +++ Quem torce –e trabalha– para Acir se eleger governador é o 1º suplente, advogado Gilberto Piselo. Acir sendo eleito Gilberto teria mais 4 anos de mandato pela frente.

Autor / Fonte: Waldir Costa / Rondônia Dinâmica

RD POLITICA ( WC E REDAçãO)