Crianças alimentadas com produtos impróprios, campanha Doa Rondônia no Espaço Alternativo, pacientes com câncer priorizados na política do SUS

27 de novembro de 2023 72

 Merenda – A Operação Charcuterie realizada pela Polícia Civil (PC) em Rondônia escancara a corrupção gritante que ocorre com regularidade na área pública. Canalhas travestidos de “empresários”, além de fraudar licitações no fornecimento de carnes e charques para a Merenda Escolar a “empresa” entregava produtos inadequados para o consumo com suspeitas de falsificações da marca e selo de origem, ou seja, as crianças estavam se alimentando nas escolas com produtos impróprios. Na operação composta de policiais, médicos veterinários, auditores e peritos foram cumpridos seis mandatos de busca e apreensão em cinco escolas de Porto Velho. Também foram encontrados documentos fraudulentos e adulteração de embalagens e selos, além de a empresa estar registrada em nome de “laranja” com participação de líderes de organização criminosa. É o fim da rosca...  

Doação – Na terça-feira (28) teremos mais uma edição do Dia de Doar, evento que ocorre desde 2013 no Brasil. A Campanha Doa Rondônia, de Rondônia, estará integrada a ação social. O projeto é de iniciativa do Instituto Norte Amazônia de Apoio ao Terceiro Setor e será desenvolvida no dia 26, no Espaço Alternativo, em Porto Velho, a partir das 16h com participação de várias entidades de assistência social, cultura, educação com vendas de produtos e atividades culturais e no dia 28 cada entidade promoverá sua ação, segundo a coordenadora, Creuza Gomes Barbosa. Na edição anterior, mais de 28 milhões de pessoas participaram do movimento em todo o Brasil em 72 cidades. A organização conseguiu arrecadar com a ação comunitária, na época, mais de R$ 4,5 milhões em doações. No Espaço Alternativo estarão reunidas as organizações Centro Social Madre Mazzarell, Associação Casa Família Rosetta, Instituto Norte Amazônia de Apoio ao Terceiro Setor, Legião da Boa Vontade, Instituto Viva Porto Velho, Associação de Resgate da Dignidade Humana, Pestalozzi PVH e APAE Candeias.  

Constituição – Durante toda a semana a Assembleia Legislativa (Ale) esteve em clima de festa com as comemorações dos 40 anos de promulgação da Constituição Estadual. Na manhã de hoje (24), alunos professores e diretores da Universidade Federal de Rondônia-Unir e Faculdade Fimca, ambas de Porto Velho estiveram na Casa do Povo participando de palestra sobre ações do legislativo, pelo servidor Carlos Manvailler, visita aos gabinetes administrativos e assistiram à peça teatral sobre o nascimento do Estado e a elaboração da Constituição. As atividades relativas aos 40 anos da Constituição serão encerradas no domingo (26) com a realização da Corrida da Democracia aberta a servidores e ao público de forma geral com premiações de R$ 1,5 mil, R$ 1 mil, R$ 800, R$ 600 e R$ 400 do 1º ao 5º colocados, respectivamente, tanto no masculino como no feminino. As provas são de R$ 5 e 10 quilômetros. O presidente da Ale-RO, Marcelo Cruz (Sem partido) e os demais parlamentares realmente organizaram uma programação digna dos 40 anos da Constituição.  

Constituição II – Uma das mais importantes ações na programação dos 40 anos da Constituição de Rondônia foi a palestra do secretário administrativo do Legislativo Estadual, Carlos Manvailler com o tema “Assembleia Legislativa e sua função social”, assunto que todo cidadão deveria saber, que é ter um melhor conhecimento dos seus direitos e deveres. O brasileiro vota sem saber as obrigações do político, seja representante do Executivo ou do Legislativo. A matéria que era parte integrante da grade escolar desde o curso primário, “Educação Moral e Cívica”, hoje não tem mais. Alunos sabiam o nome do prefeito e do presidente da câmara de vereadores de sua cidade; do governador do Estado, do presidente da República. Certamente muitos políticos, com mandatos não tem a mínima noção constitucional, seja municipal, estadual ou federal.  

Câncer – O Senado aprovou projeto de lei criando a Política Nacional de Prevenção e Controle do Câncer (PNPCC) e o Programa Nacional de Navegação da Pessoa com Diagnóstico de Câncer, que tem a deputada federal de Rondônia, Sílvia Cristina (PL) como uma das autoras. A parlamentar mantém uma luta permanente de combate uma das doenças, que mais mata no mundo. Segundo Sílvia Cristina, a aprovação do projeto ocorreu, após um intenso trabalho de conscientização nas comissões e que agora será encaminhada para sansão presidencial. A elaboração do projeto teve a participação da sociedade, médicos, instituições sociais e parlamentares. Após a sansão, novos tratamentos e medicamentos relacionados à assistência às pessoas com câncer terão prioridade nas análises para inclusão ao SUS e sua efetivação deverá ocorrer em até 180 dias, após a incorporação.  

Respigo  

E o Brasileirão está pegando fogo, mesmo com o Botafogo não estando no topo da tabela, após a rodada de ontem (23). O empate (2x2) entre Fortaleza e Botafogo foi ruim para os dois +++ O Fortaleza chegou a 44 pontos e está, por enquanto, fora da zona de classificação para a Libertadores, e o Bota com 61, um a menos que o líder, o Palmeiras. E agora todos os clubes estão com o mesmo número de jogos, 34, faltando quatro rodadas para encerramento do campeonato +++ O Flamengo deu passo importante na luta pelo título, após a vitória contra o Bragantino (1x0). O rubro-negro está com 60 pontos (terceiro colocado) e o Bragantino 59, ocupando a quinta colocação +++ Na madrugada de ontem (23) para hoje choveu com intensidade em praticamente toda Porto Velho. A chuva amenizou a fumaça e a fuligem devido à ação de criminosos, que tocam fogo nas propriedades rurais e também urbanas comprometendo o meio ambiente.  

Fonte: WALDIR COSTA
RD POLITICA ( WC E REDAçãO)