Depois de ficar 5 horas preso, coordenador do MTST é liberado

20 de maio de 2022 57

Jairo dos Santos Pereira, um dos coordenadores do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) em Minas Gerais, foi solto na quarta-feira 18 depois de ficar apenas cinco horas detido na Delegacia de Plantão da Polícia Civil. Ele havia sido preso por liderar a invasão de um imóvel público no município de Montes Claros, localizado a 330 quilômetros de Belo Horizonte.

De acordo com a Polícia Militar, responsável pela prisão do militante, aproximadamente 15 pessoas estavam no terreno ocupado. Dezenas de barracas de lona haviam sido construídas no local.

Os policiais informaram Pereira que invadir propriedade privada é ilegal e constitui um crime de esbulho possessório, o que, na prática, significa privar alguém de exercer a posse de um bem legítimo. O coordenador do MTST resistiu à abordagem e disse que não deixaria o terreno. Acabou preso.

Outros líderes estaduais do movimento, como Ihago Oliveira Bispo e Pablo Henrique Oliveira, também foram encarcerados. Mas foram liberados.

Reincidência

Na sexta-feira 13, cerca de 30 militantes do MTST invadiram uma propriedade de pequeno porte na cidade de Montes Claros e acabaram expulsos pelos moradores. Pereira foi um dos principais responsáveis pelo ato.

Depois do fracasso nas duas tentativas de negociação com os coordenadores estaduais do MTST, os próprios moradores decidiram pôr fim à invasão.

VÍDEO: Coordenador do MTST é preso depois de invadir propriedade em Montes Claros (MG)

     

Fonte: Gleyson Araújo