Dobradinha Nazif/Jesualdo em 2018, parceria PDT e PSB será ignorada, BR 364 continua sendo matadouro humano

28 de novembro de 2017 491

Senado – Fora da mídia desde a saída da Prefeitura de Porto Velho, o ex-prefeito da capital, Mauro Nazif, que preside o diretório estadual do PSB concedeu entrevista a emissora de rádio. Deixou evidente que deverá disputar as eleições de 2018 a uma das duas vagas ao Senado e demonstrou interesse em que o prefeito de Ji-Paraná, Jesualdo Pires um dos poucos em alta no Estado, como companheiro de chapa de Nazif. Como são duas vagas ao Senado o PSB poderá disputar com a dobradinha Nazif/Jesualdo.

Governo – Outra situação que poderá ocorrer com relação as eleições do próximo ano. O governador Confúcio Moura (PMDB), deverá renunciar em março próximo para candidatar-se ao Senado ou a Câmara Federal. Caso a renúncia ocorra assumirá o vice, Daniel Pereira, que é do PSB. Nada impede que o partido tenha candidata própria ao governo com Daniel à reeleição e dois nomes fortes ao Senado, no caso Nazif e Jesualdo.

Impasse – O PSB tem compromisso firmado com o senador Acir Gurgacz, que preside o PDT no Estado e é pré-candidato a governador. Quem indicou Daniel candidato a vice de Confúcio em 2014 foi Acir com o compromisso de apoio em 2018. O vice definido em convenção era Lúcio Mosquini, que posteriormente candidatou-se, e se elegeu deputado federal. A indicação da vice era do PDT, que no primeiro mandato tinha Airton Gurgacz, hoje deputado estadual, no cargo. Daniel candidato a governador em 2018 seria uma traição com Acir? Caso ele abra mão da candidatura quem ficará no prejuízo será o partido.

Políticos – A enquete realizada semanalmente pelo Rondônia Dinâmica, abordando os assuntos mais diversos questionou dos internautas, entre dez nomes, quais deveriam retornar ao cenário político em 2018. O ex-prefeito Mauro Nazif (PSB) obteve 42% das intenções de voto e “outro” 37%. O ex-deputados federais Chagas Neto obteve 7% e Carlos Magno 4%. Os demais 2% ou menos. Além de Nazif, os demais, segundo a opinião dos internautas na enquete não deixaram saudades.

Tristeza – A morte dos jovens Emanoel Teodoro dos Santos Neto, 30 anos, que conduzia um veículo Gol, e o passageiro Obilac Diego dos Santos Carvalho, 25 anos na trágica tarde de sexta-feira (24) na BR 364, na entrada da Linha Triunfo enlutou a família do ex-repórter fotográfico do “Diário da Amazônia”, Claudemir Carvalho. Quem conheceu os jovens filhos do casal Lindóia e Claudemir sabe da dor que ambos estão passando. Que Deus de o conforto necessário à família.

Respigo

A antiga Ceron, hoje Eletrobras Distribuição Rondônia melhorou muito o atendimento ao consumidor que necessitam de serviços emergentes. Hoje (27) ela foi acionada por uma pessoa que necessitava do trabalho da equipe de campo e o atendimento ocorreu de forma rápida e eficiente +++ O movimento da BR 364 aumenta a cada dia devido o desenvolvimento do Estado, mesmo em tempos bicudos. Ao mesmo tempo crescem o número de acidentes, a maioria com vítimas fatais +++ Sem recuperar totalmente o trecho Porto Velho a Vilhena, com cerca de 700 quilômetros e posterior duplicação o problema continuará. Como estamos chagando ao final do ano, quando milhares de famílias viajam para outros estados e mesmo para o interior, os acidentes crescem +++ É bom que fique registrado, que recuperar o trecho e duplicar posteriormente não será o suficiente. É necessário fiscalizar, agora, pois os abusos são constantes e a gloriosa Polícia Rodoviária Federal (PRF) não tem condições de atender a demanda devido a efetivo reduzido.

Autor / Fonte: Waldir Costa / Rondônia Dinâmica

RD POLITICA ( WC E REDAçãO)