Estudantes da faculdade de letras da USP entram em greve

20 de setembro de 2023 64

Alunos do curso de Letras da Universidade de São Paulo (USP) aprovaram uma greve a partir desta terça-feira (19). Os estudantes reclamam da falta de professores e exigem contratações.

O estopim para a paralisação, aprovada em assembleia na última quinta-feira (14), foi o anúncio de que o curso de coreano seria encerrado no ano que vem, caso não houvesse a contratação imediata de um novo docente.

Segundo levantamento dos alunos, a Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP tem a necessidade de contratação de 114 novos professores para manter o Departamento de Letras Orientais em funcionamento.

O estopim para a paralisação, aprovada em assembleia na última quinta-feira (14), foi o anúncio de que o curso de coreano seria encerrado no ano que vem, caso não houvesse a contratação imediata de um novo docente.

Segundo levantamento dos alunos, a Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP tem a necessidade de contratação de 114 novos professores para manter o Departamento de Letras Orientais em funcionamento.

Fonte: De Gianlucca Gattai