Ex-senador Raupp prepara retorno ao cenário político, disputa pelo Senado promete ser das mais acirradas, vice-governador ironiza trabalho da Emater

27 de maio de 2022 74

 Vilhena – O julgamento dos embargos de declaração que envolve a cassação do prefeito de Vilhena, Eduardo Japonês e da vice, Patrícia da Glória, ambos do PV, por prática de crime eleitoral, que estava programado para quarta-feira (25), pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), foi adiado, porque o relator do processo, desembargador Edson Bernardo Andrade Reis, pediu vistas, mas não apresentou justificativa. O julgamento dos embargos deverá ter nova data para julgamento. A expectativa é que os embargos sejam julgados, porque, apesar de cassados prefeito e vice continuam atuando no comando do município, ação que no entender de especialistas no assunto, não poderia ocorrer. Prefeito e vice poderiam recorrer, sim, mas fora do cargo.  

Raupp – A informação é do site “Extra de Rondônia”, com sede em Vilhena. Segundo “Extra”, o ex-senador e ex-governador Valdir Raupp, um dos expoentes do MDB de Rondônia, tinha decidido deixar a política de lado, após vitória judicial, que lhe devolveu os direitos políticos. Animado, após inocentado pela justiça, Raupp, que é uma das maiores lideranças políticas do Estado, que organizou o MDB, inclusive construindo a sede em Porto Velho, também passou pela vice-presidência e presidência nacional do partido deverá disputar as eleições gerais de outubro próximo, provavelmente como pré-candidato para a vaga ao Senado. Negar a força política de Raupp, um conciliador em potencial é não ter conhecimento sobre o histórico político do jovem Estado. Se entrar na disputa é um nome a ser considerado. Quem viver verá...  

Senado – Com a provável pré-candidatura de Raupp ao Senado o número de pré-candidatos ao cargo hoje ocupado pelo senador Acir Gurgacz (PDT), que está inelegível, cresce, inclusive em importância. Estão na lista de prováveis candidatos a deputada federal Mariana Carvalho (União Brasil), empresário Jaime Bagattoli (PL), ex-governador Daniel Pereira (Solidariedade), Jaqueline Cassol (PP) e o advogado e juiz aposentado, Léo Fachin (Avante). No MDB o nome principal da lista era o ex-senador, Amir Lando, mas agora, com a possibilidade de Raupp concorrer fica uma enorme interrogação, pois hoje, quem “dá as cartas” no partido é o senador Confúcio Moura. Na lista de favoritos ao Senado, o ex-senador Expedito Júnior, do PSD, liderança política popular e consolidada no Estado.  

Parceria – A decisão de o prefeito de Porto Velho, reeleito em 2020, Hildon Chaves (PSDB) de fechar questão com o governador Marcos Rocha (União Brasil) e pré-candidato à reeleição é pra-valer é real. Chaves marca presença da maioria dos atos do governo do Estado, inclusive no interior, como na abertura da RRS em Ji-Paraná, onde, inclusive, discursou alertando sobre a importância da feira. Na companhia de Hildon, a 1ª dama da capital, Yeda Chaves, pré-candidata a deputada estadual e filiada ao União Brasil, presidido em Rondônia pelo governador Marcos Rocha. Yeda tem amplo trânsito nos bairros de Porto Velho, onde realiza um eficiente e necessário trabalho social desde o primeiro mandato do marido.  

Calma Zé! – O vice-governador, José Jodan, quebrou o protocolo, num gesto deselegante e injustificável, tomando a palavra do diretor da Sudam, Roger Araújo de Castro, que apresentava os projetos daquela instituição aos empresários de Rondônia no estande do Sebrae na 9ª Rondônia Rural Show, que está sendo realizada esta semana em Ji-Paraná. Visivelmente irritado tomou a palavra e baixou o sarrafo, na administração da Emater. Com o microfone em punho perguntava se alguém ali, já tinha recebido a visita de algum técnico da empresa de Assistência e Extensão Rural? Uma atitude descabida e sem propósito para a figura de um vice-governador, que recentemente lançou sua pré-candidatura a deputado estadual pelo PSC. É o fim da rosca... 

Respigo  

Se depender da presença de políticos para alcançar a meta de 200 mil pessoas na 9ª Rondônia Rural Show (RRS), iniciada na segunda-feira (23) e que será encerrada no sábado, em Ji-Paraná, a organização não terá problemas. Certamente o desfile de políticos impulsionados pelo ano eleitoral será marcante como já foi nos primeiros dias da mostra +++ Boa parte da população de Rondônia é esperada para hoje (26), amanhã e sábado no local. A RRS é a maior feira de agronegócios e tecnologia da região Norte e a expectativa de comercialização gira em torno de R$ 3 bilhões +++ O presidente do Sindicato dos Jornalistas de Rondônia-Sinjor, Zacarias Pena Verde, encaminhando mensagem aos associados informando sobre o novo número de telefone para contato com a entidade. Quem tiver assuntos relacionados ao Sinjor, deve utilizar o telefone (69) 99253.6418 e o email: Sinjor.sindicato@gmail.com +++ Os associados que tenham pendências com o Sinjor também estão sendo convidados à regularização. O sindicato firmou parceria e implantou um Plano de Saúde e, quem tiver interesse, deve contatar o Sinjor +++ A Secretaria Municipal de Trânsito-Semtran de Porto Velho colocou novos abrigos nas paradas de ônibus na avenida Chiquilito Erse, imediações do Colégio Tiradentes. Ótimo, só não colocaram bancos +++ Boa parte dos coletivos das linhas que passam pelo local demoram cerca de uma hora ou mais. Antes o dependente do transporte coletivo tinha bancos, mesmo de madeira bruta, mas o abrigo não aliviava chuva e nem o sol +++ Agora as novas “casinhas” amenizam o sol, mas a pessoa tem que ficar em pé durante mais de hoje. Eita povo incompetente e irresponsável, pois pessoas idosas e deficientes dependem do transporte coletivo.

Fonte: WALDIR COSTA
RD POLITICA ( WC E REDAçãO)