Expectativa pela enquete de candidatos ao Senado, Jaru terá ambulância com emenda da deputada Cássia Muleta, Jesualdo Pires cotado para concorrer a governador

30 de novembro de 2021 35

Emenda – A deputada estadual e presidente da Comissão de Saúde da Assembleias Legislativa (Ale), Cássia Muleta (Podemos-Jaru) liberou emenda parlamentar para o município adquirir uma ambulância para o transporte de pacientes a centros maiores e com mais condições de atendimento especializado. Segundo a deputada Cassia Muleta, Jaru tem cinco ambulâncias, mas são insuficientes para atender a demanda de pacientes, que precisam de deslocamento para centros com maiores recursos. A emenda parlamentar liberada pela deputada, será suficiente para que o município possa adquirir uma ambulância do tipo B, que possibilita o transporte de pessoas com alto risco de vida.  

Enquete – Na última semana, entre os dias 22 e 23 o RONDONIA DINÂMICA realizou enquete consultando seus leitores sobre a sucessão estadual do próximo ano. E inovou, porque a pergunta não era em QUEM o leitor votaria para governador do Estado nas eleições de outubro do próximo ano, mas sim em qual dos dez nomes apresentados, o leitor NÃO votaria em hipótese nenhuma. Nas eleições, político que não tem rejeição, também tem dificuldades para conseguir voto. Normalmente o político muito conhecido, aquele que acumula vários mandatos e há tempos milita na linha de frente da política tem mais rejeição, o que é normal. Já analisando de outra forma, ele também tem um número significativo de eleitores. São aqueles, que aprovam o trabalho do político, se realmente for bom, e que sempre consegue manter e até ampliar seu espaço político.  

Enquete II – A expectativa do leitor, que aprovou a iniciativa do RONDONIA DINÂMICA é que esta semana seja realizada uma nova enquete, mas desta vez, para saber quem NÃO votaria em determinados nomes em qualquer que seja a condição, ao Senado. O tipo de enquete é interessante, pois provoca no leitor-eleitor a condição para que ele se manifeste diretamente, quando não aprova um candidato. Quando o eleitor vota em quem ele tem confiança, não quer dizer que ele desaprove os demais candidatos. Já na condição de o cidadão poder expressar sua opinião contrária demonstra, que ele tem convicção, que não quer determinado candidato ocupando cargos públicos, e se manifesta, através do voto. Vamos aguardar a enquete sobre os candidatos ao Senado.  

Vacinação – Muita gente na manhã de hoje (29) procurando ´la vacina contra o covid-19 na sede da Escola do Legislativo em Porto Velho. Parte da escola, mantida pela Assembleia Legislativa era cedida a Semusa (Saúde) de Porto Velho, para vacinação contra o coronavírus. Mais de 25 mil pessoas foram vacinadas na escola durante o período em que esteve aberta ao público. O encerramento da vacinação, que estava previsto para meados de dezembro próximo ocorreu na última quinta-feira (25). Hoje a vacinação está disponibilizada, apenas nos postos de saúde, mas como estamos enfrentando uma nova investida do vírus, seria interessante manter o bem localizado e funcional posto de vacinação.  

Governador – Não é difícil o PSB disputar as eleições ao governo do Estado tendo como candidato o ex-prefeito de Ji-Paraná, e ex-deputado estadual Jesualdo Pires. Vários pretendentes a concorrer a governador, como o deputado federal Léo Moraes, presidente regional do Podemos e o prefeito-reeleito de Porto Velho, Hildon Chaves (PSDB) têm demonstrado intenção de concorrer à sucessão estadual, e Jesualdo Pires é sempre citado como provável parceiro para o cargo de vice. Mas nos bastidores já se comenta que uma candidatura de Jesualdo ao governo não está descartada. Quem viver verá...  

Respigo  

Já possível notar uma movimentação maior no comércio de Porto Velho com a proximidade das festas de final de ano (Natal e Ano Novo). A circulação de pessoas no Porto Velho Shopping já é elevada, mesmo durante os dias da semana e os estabelecimentos comerciais das zonas Sul e Leste, e na área central da capital aumentou muito nos últimos dias +++ Estacionar nesses locais é uma tarefa das mais difíceis. Porto Velho precisa de urgência na implantação de um Projeto Viário, que espelha a realidade do tráfego de veículos no centro e nos demais locais de grande volume de comércio +++ A tarifa do transporte coletivo urbano de Porto Velho até o final de dezembro é de R$ 3. Graças à intervenção da prefeitura com apoio dos vereadores, foi elaborado um calendário com início de custo da passagem a R$ 1, depois passou para R$ 2, agora está três e a partir de janeiro será cobrada a tarifa real, que é de R$ 4,05 +++ O valor de R$ 3 até o final do ano, assim como nos meses anteriores, só favorece a quem tenha o cartão Com CARD, que pode ser adquirido em vários pontos da capital. O posto de atendimento central, que funcionava na sede da Emater, está sendo transferido para Biblioteca Municipal Viveiro das Letras com funcionamento das segundas às sextas-feiras das 8h às 17h, e nos sábados das 8h às 12h. 

Fonte: WALDIR COSTA
RD POLITICA ( WC E REDAçãO)